Por Fora
das Pistas

Notícias

30 de dezembro de 2019

Você sabia que no hipismo também existe cartão amarelo?

Muitos não sabem porém, não é novidade, no hipismo também é utilizado o cartão amarelo de advertência. Ele pode ser usado e é válido para todas as disciplinas.

São vários os motivos pelos quais os oficiais (presidente de júri,Chefe Steward, delegado técnico e júri de apelação (quando houver)) podem aplicar o cartão de advertência como por exemplo: Cuidado inadequado, Retirar o cavalo dos estábulos após a hora determinada, Comportamento incorreto, Marca de espero, Banda nasal muito apertada, tratador que não cumpre as regras, Uso excessivo do chicote, Trazer o cavalo internacional para estábulos nacionais, Comportamento inadequado do cavalo após Eliminação, etc.

Esses documentos podem ser baixados da Biblioteca de Documentos da FEI, no final da página. Os documentos em pdf são interativos e podem ser preenchidos on-line ou manualmente.

Cavaleiros em posse de um cartão  amarelo ficam na lista pelo período de 12 meses, após o prazo caso o apenado não aja nossa advertência ele é excluído da lista, caso contrário ele pode ser suspenso no período de 2 meses.

Pela FEI a suspensão de dois meses, a partir de 2020 tem que ser concretizada durante o calendário hípico, ou seja, mesmo que o cartão ocorra nas vésperas das férias de final de ano, o apenado deverá cumprir sua pena no início da temporada equestre, deixando efetivamente de participar de importantes provas.

Lista de cavaleiros que receberam um cartão amarelo (aviso) – AQUI.

 

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.