Por Fora
das Pistas

Notícias

15 de outubro de 2019

Você conhece a Modalidade Volteio?

O Volteio é uma modalidade equestre que integra o Hipismo.  Nesta modalidade  faz exercícios de ginástica sobre o animal com ele em movimento. Desta forma o “atleta” passar a ser chamado de Volteador.

 

O objetivo do Volteio é o aprimoramento da harmonia, do sincronismo e da ressonância com o cavalo em movimento. Proporciona ao volteador uma oportunidade de maior conhecimento das qualidades deste animal; qualidades estas que beneficiam o desenvolvimento do ser humano no que diz respeito à integração entre cavalo e volteador, solidariedade e altruísmo, estabelecendo um laço de confiança entre o atleta e o animal.

Além do Volteador e do Cavalo, há a pessoa que guia o cavalo, que é chamada de “Lounger”.

O cavalo é guiado através de uma guia e um chicote (de guia). Nesta modalidade o equipamento do cavalo é: cabeçada com focinheira, bridão liso (máximo 2 articulações são permitidas), cilhão com alças, barrigueira, manta grande, uma proteção menor entre a manta grande e o cilhão e rédeas fixas para manter a altura da cabeça do cavalo o mais constante possível. É permitido o uso de ligas de trabalho nas patas dos cavalos.

Na história da equitação e do desenvolvimento da humanidade, temos descritos que o Volteio foi usado para Treinamento Militar na Idade Média. O intuito era desenvolver o equilíbrio e coordenação motora, uma vez que em combate era necessário carregar escudo e espada.
Além do equilíbrio, esta modalidade desenvolve: auto confiança, coordenação motora, postura, melhor harmonia, sincronismo e ressonância com o cavalo.

 

 

Provas de volteio foram disputadas nos Jogos Olímpicos de Verão de 1920, mas, infelizmente, já não faz parte dos Jogos Olímpicos por uma questão de custos. Os esportes equestres tem seus próprios jogos, chamados Jogos Equestres Mundiais (JEM ou WEG), realizados a cada 4 anos e, claro, que o Volteio participa destes eventos. Os JEM, ou WEG, são considerados os mais importantes eventos do esporte e contam com participantes do mundo inteiro. Além disso, também de 4 em 4 anos acontecem os Campeonatos Mundiais de Volteio, também muito importantes.

O volteio está presente no Brasil há mais de 30 anos. Seu pico de desenvolvimento ocorreu entre 2005 e 2010 quando o país contava com cerca de 300 atletas ativos e inscritos na Confederação Brasileira de Hipismo.

O volteio também é praticado no exército, para obter uma harmonia e respeito maior com o cavalo, além de melhorar a postura.
O esporte parte do princípio de usar o impulso do cavalo ao seu favor criando uma harmonia e ressonância com o mesmo.
Durante uma competição há provas individuais e por equipes, com exercícios obrigatórios e livres.

 

 

Uma equipe de volteio é composta por até oito atletas, sendo um reserva e sete titulares. Durante a série obrigatória cada um realiza os mesmos exercícios individualmente, em sequência, passando então para o próximo atleta da equipe sem um intervalo, o objetivo é que a apresentação seja homogênea e que a equipe apresente um ritmo e nível global formando uma unidade.

Na apresentação livre a equipe propõe exercícios que contam com até três atletas sobre o dorso do cavalo ao mesmo tempo, todos os atletas participam da sequência e o cavalo não pode ficar sozinho em momento algum. A apresentação pode ter um tema, mas isto não é compulsório, e tem um tempo máximo de duração.

Os atletas numa equipe se distinguem entre Flyers, Bases e Médios. Os Flyers são indivíduos de pequeno porte que costumam ser carregados e fazer movimentos acrobáticos no ar, sem o contato direto com o cavalo. Os Bases são os atletas que sustentam o movimento, e dão sustento para o flyer. Já o Médio é um atleta de porte intermediário que pode exercer as duas funções em figuras de transição ou fazer movimentos em dupla, dependendo da composição da equipe. Uma Média pode também dar sustentação para a Base em um movimento em trio.

Além de competição, é de extrema importância se começar a montar cavalos através do Volteio. Cavaleiros e Amazonas que iniciam suas vidas hípicas nesta modalidade, sempre terão uma melhor postura, equilíbrio, coordenação e desempenho para desenvolver os demais esportes, além de saberem cair do cavalo sem se machucar!!

Nos dias atuais, além do Volteio ser praticado para iniciação de pessoas a esportes esquestres, também é praticado para outros fins como Fisioterapia, Pilates, Ginástica Funcional para atletas que não focam competições, mas querem ter um bom condicionamento físico e praticar exercícios de ginástica.

Mas onde posso praticar?
Em diversos clubes e haras em SP, interior e demais estados brasileiros.

Sugestões:
Para quem é de São Paulo (interior ou tem fácil acesso ao interior) há Volteio na Academia e Escola de Equitação Troá, em Valinhos, na Al. Itatinga 1094, bairro Joapiranga.  Para maiores informações entre em contato: (11) 9 9944-2168 ou troa@dressagearteequestre.com

 

Fonte: Assessoria/ fotos: divulgação

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.