Por Fora
das Pistas

Notícias

foto: « PSV » copyright.

4 de novembro de 2019

Vitória de Martin Fuchs (SUI) no Grande Prêmio de Lyon

Certamente não foi tarefa fácil superar as dificuldades do percurso desenhado por Gregory Bodo para o Grande Prêmio Longines FEI Jumping World CupTM Lyon 2019.

Em particular, as duas combinações – o triplo no número 7 e o duplo de vertical no número 9 – deram um gostinho a mais para os 40 conjuntos que se classificaram para esta prova.

Vários grandes atletas foram pegos, como Simon Delestre e Pénélope Leprevost, que cometeram erros no triplo com Hermes Ryan e Vancouver, da Lanlore, e o alemão Daniel Deusser, que teve uma penalidade no duplo.

De fato, apenas treze conjuntos encontraram a solução no primeiro round. A americana Jessica Springteen foi a primeira a fazer uma rodada duplamente zerada com um tempo rápido de 41,85 (segundo no total).
Todo mundo tentou ir mais rápido, arriscando-se no desempate em alta velocidade, mas apenas um conseguiu terminar na frente do americano, e não apenas de ninguém!

Montando seu fiel Clooney 51, o jovem suíço Martin Fuchs deixou sua marca em grande estilo com um tempo de 41”27. O número dois do mundo – que foi medalhista de prata no último Campeonato Mundial e se tornou campeão europeu neste verão em Roterdã – manteve o título que conquistou na arena de Lyon em 2018.

“Esta é uma vitória tão grande. Clooney estava em ótima forma. Foi incrível. Também tive a sorte de estar entre os últimos e tive a chance de olhar o percurso do cavalo de Jessica, que tem o mesmo tipo de passada que Clooney. No último salto, apenas tentei um lance a menos e foi assim que venci “, disse Martin Fuchs.

Agora no topo do ranking da Longines FEI Jumping World CupTM para a Europa Ocidental, o suíço pretende continuar no circuito, mas com outros cavalos: “Clooney não vai mais fazer etapas da Copa do Mundo. Eu só queria fazer uma etapa com ele. Normalmente, eu não o teria usado para esta competição, porque há os Jogos Olímpicos no próximo ano. Mas eu queria fazer a melhor etapa com Clooney e por isso escolhi o Lyon. Foi a decisão certa Vou fazer as etapas em Stuttgart, Madri e Londres com outros cavalos e depois ver quem levo para a final. ”

No final da prova a americana Jessica Springteen – que ficou em segundo lugar – disse que estava encantada com seu cavalo, que ela monta há quase um ano e meio. “Levei quase seis meses para formar conjunto. Ela é muito obediente. Ela já estava ótima na sexta-feira no Grande Prêmio de qualificação para a etapa da Copa do Mundo, então estou muito feliz. Estar baseada na Europa e competir com os melhores do mundo realmente me ajudou a melhorar, mas devo admitir que os bons resultados que estou tendo no circuito também se devem à grande cumplicidade que construí com meu cavalo.”

O terceiro lugar ficou com o belga Peter Devos, terminando em 41”95. “Fiquei muito feliz hoje. Ela teve algumas semanas de folga e voltou em boa forma. Olhei para o que Martin fez e sei que ele é sempre muito rápido. A mesma coisa com Jessica. Eu tive que ter cuidado porque meu cavalo não é tão fácil de conduzi .Então, eu tive que mantê-la calma e fiz uma boa rodada com as distâncias certas em todos os lugares.

Durante a conferência de imprensa, Grégory Bodo (o designer do percurso) falou sobre o layout deste Grand Prix para a etapa da Longines FEI Jumping World CupTM de 2019 em Lyon: “Eu assisti à prova de qualificação no Grand Prix na sexta-feira à noite e entendi o abordagem que eu precisava adotar para hoje, apesar do número bastante grande de zeros.Eu queria fazer um percurso muito tranquilo.Era bastante longo, mas realmente com a mentalidade de um cavalo.Os cavaleiros precisavam galopar do começo ao fim. Note-se que Lyon é uma das maiores arenas cobertas do mundo, e não acho que os cavalos estavam fora de sua zona de conforto.

Assim como queríamos, os erros vieram de todo o percurso. Eu acho que houve uma boa primeira rodada e um bom desempate “.

Placar:
1 – Martin Fuchs (SUI) e Clooney 51-0 + 0 em 41,27 sec
2 – Jessica Springteen (EUA) e RMF Zecilie – 0 + 0 em 41,85 sec
3 – Peter Devos (BEL) e Claire Z – 0 + 0 em 41,95 sec
5 – Julien Épaillard (FRA) e Queeletta – 0 + 0 em 42,92 sec

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.