Por Fora
das Pistas

Notícias

25 de setembro de 2015

Vilamoura assume-se como capital do hipismo europeu

As pistas do Centro Hípico de Vilamoura estão ao rubro com os concursos de salto internacionais do Vilamoura Champions Tour 2015 onde participam os melhores cavaleiros do mundo até 18 de outubro.

“A partir de hoje, com os eventos Champions Tour e o evento Atlantic Tour, Vilamoura passa a ser o destino número um do desporto do hipismo de salto de obstáculos”, afirmou António Moura, da organização vincando que não há outro local na Europa onde se façam tantos percursos e onde se salte durante tanto tempo.

A competição reúne cerca de 900 cavalos, 280 cavaleiros (profissionais e amadores) oriundos de 30 países, tais como Austrália, Argentina, Japão, Bermudas, El Salvador, Estados Unidos da América, Nova Zelândia, Rússia, Israel, Alemanha, Grã-Bretanha, França e Brasil.

Luís Sabino Gonçalves, um dos mais destacados cavaleiros nacionais da atualidade, destacou a qualidade das pistas de competição e a hospitalidade dada a todos os participantes neste campeonato que disse ser para muitos um momento de preparação para a próxima época.

É um “evento único na Europa porque resume o top sport”, comentou o cavaleiro brasileiro Carlos Ribas para quem o ambiente vivido no recinto e  a proximidade da  natureza, da praia e de espaços de animação de Vilamoura são como “a disneylandia do hipismo”.
Responsável pela organização de concursos hípicos em Vilamoura desde 1998, António Moura pretende futuramente aumentar o nível e dificuldade das competições para cinco estrelas e com prêmios superiores, construir estruturas fixas que permitam ter um centro de estágios e manter atividades entre setembro e abril.

“Um grande desafio é transformar as infraestruturas provisórias em definitivas” observou.

A ideia de potenciar o movimento do Centro Hípico de Vilamoura e dos eventos que este acolhe durante a época baixa turística vai ao encontro dos objetivos dos responsáveis da Câmara Municipal de Loulé, da Região de Turismo do Algarve (RTA) e da Vilamoura World (ex-Lusort) que estiveram presentes na apresentação do evento.

“Esta aproximação, o caminharmos para juntar o hipismo em quatro ou cinco meses do ano é uma coisa que obviamente marcará toda a diferença para o esbater da sazonalidade”, afirmou o presidente da RTA, Desidério Silva.

O evento traz para o Algarve cerca de 2000 pessoas, entre cavaleiros, acompanhantes, júris, veterinários, tratadores e responsáveis pela organização, que durante este período farão de Vilamoura a sua casa e a organização espera perto de seis mil visitantes durante a competição.

De 2014 para 2015 o concurso duplicou o número de participantes, com as inscrições a esgotarem ainda um mês antes do inicio da competição.

A Alubox, de António Moura, entidade organizadora, estima que o Vilamoura Champions Tour traga um retorno econômico de cerca de 4 a 5 milhões de euros por semana, totalizando perto de 20 milhões de euros.

Durante a apresentação da prova, o vice-presidente da Câmara Municipal de Loulé, Hugo Nunes, fez notar que os eventos hípicos em Vilamoura têm vindo a ganhar notoriedade crescente.

A notoriedade e o crescente número de participantes e visitantes tem impacto na economia local e regional que a autarquia pretende conhecer mais aprofundadamente e que vai motivar a realização de um estudo, assumiu Hugo Nunes.

Com uma premiação em espécie de 490 mil euros, o evento inclui 2 Grandes Prêmios de 2 estrelas e 2 Grandes Prêmios de 3 estrelas. Do total de 100 provas,  12 contam para o ranking Longines FEI – Federação Equestre Internacional.

O concurso internacional Vilamoura Atlantic Tour 2015 tem como principais patrocinadores a Caixa de Crédito Agrícola, Inframoura,  Turismo de Portugal/Algarve, Câmara Municipal de Loulé e Microprocessador.

Conta ainda com a parceria de: Hotel Hilton Vilamoura, Mike Davis, Garvetur, Tivoli Hotels, Inframoura, Cegonha Country Club, Oceanic Golf, Horsery e Hertz.

Fonte: Gabinete de Comunicação

  • Compartilhe
  • <