Por Fora
das Pistas

Notícias

Foto: JG Martini/Divulgação

17 de agosto de 2018

Vendramin aposta em melhoramento genético como diferencial

Um dos mais esperados leilões da temporada da raça Crioula vai ocorrer na quinta-feira, 23 de agosto de 2018. A Estância Vendramin, de Palmeira (PR), trará para o Tattersal do Cavalo Crioulo do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, em remate a partir das 21h a cargo da Trajano Silva Remates, animais com sangue dos principais reprodutores do criatório, com uma genética que vem comprovando resultados nas pistas do Cavalo Crioulo de todo o país.

No total, serão 43 lotes que irão para comercialização. Conforme o titular da estância, Aldo Vendramin, a oferta trará animais com cruzamentos que deram certo e já tiveram resultados comprovados de acordo com o que preconiza o trabalho de seleção e melhoramento genético desenvolvido pela Vendramin. “Temos uma genética diferenciada, temos um criatório com um foco em função e beleza. Sabemos o resultado de cada acasalamento. Esta convicção faz com que a gente mostre em pista os resultados. A performance é a nossa maior avalista. Somos melhoradores de genética da raça Crioula”, destaca.

Um dos maiores destaques da oferta será o cavalo Milionário da Vendramin TE, considerado por seus criadores um animal completo especialmente pela genética e pela importância como reprodutor. “Milionário é um cavalo único. Pela sua genética e sua beleza é um cavalo que muitos criatórios que tem interesse em função e morfologia queiram um exemplar como este. É um cavalo único”, observa Aldo.

Desde 2006, quando iniciou a criação extensiva com foco em melhoramento genético, a Vendramin obteve nas pistas inúmeras conquistas tanto em morfologia quanto em função. Um dos maiores destaques foi no ano de 2013, com a égua Oraca do Itapororó, considerada a maior égua da raça Crioula, quando levou o primeiro lugar no pódio do Freio de Ouro além do grande campeonato na Exposição Nacional na Expointer, modalidade na qual conquistou o tricampeonato, feito inédito para uma égua da raça até hoje.

Na Expointer, a Vendramin vem sendo o destaque na comercialização, tendo em seus três leilões realizados na feira o animal mais valorizado da raça nos remates de Esteio. O recorde de égua mais valorizada de todos os tempos na exposição é do criatório, quando em 2015 foi vendida pelo valor de R$ 525 mil.

Fonte: Nestor Tipa Júnior/AgroEffective

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.