Por Fora
das Pistas

Notícias

Foto: FEI

22 de agosto de 2017

Vem aí o Longines FEI Campeonato Europeu 2017

O Estádio Ullevi, em Gotemburgo, na Suécia foi o palco da cerimônia de abertura oficial do Longines FEI Campeonato Europeu de 2017. Após as inspeções veterinárias do adestramento e salto, o comitê organizador afirma que os números somam mais 147 cavalos. Um total de  66 no adestramento e 81 em salto -que  estão fazendo seus preparativos finais para o que promete ser uma semana fantástica de alto nível para o esporte.

Um total de 16 países – Áustria, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Grã-Bretanha, Hungria, Países Baixos, Polônia, Portugal, Rússia, Espanha, Suécia, Suíça e Ucrânia – se enfrentam pelas medalhas da equipe de Adestramento que irão ser decididas no Grand Prix que começou nessa terça-feira e termina na quarta-feira. Ao todo, 20 países estarão representados nestes campeonatos, pois há também atletas individuais da Bélgica, Estônia, Geórgia e Noruega.

O Grand Prix Especial terá lugar na sexta-feira e, em seguida, o adestramento conclui com Freestyle de sábado. A Holanda é a atual campeã por equipe, mas todos os olhos estão sobre os medalhistas de ouro olímpicos da Alemanha liderados por astros Isabell Werth e Weihegold.

A modalidade salto começa na quarta-feira com uma tabela de competição disputada pela tabela C (velocidade) que os resultados de cada conjunto são convertidos em pontos que são realizadas durante o resto da semana.
As medalhas por equipe serão decididas em duas rodadas encenadas na quinta-feira e sexta-feira, e depois o título individual será concedido no domingo, trazendo os Longines FEI Campeonato Europeu de 2017 ao fim.

Um total de 17 países – Áustria, Bélgica, República Checa, Dinamarca, Espanha, França, Alemanha, Hungria, Irlanda, Itália, Holanda, Noruega, Portugal, Rússia, Suíça, Suécia e Ucrânia – vão disputar o título Equipe de salto, enquanto 13 conjuntos estão na disputa individual de outros nove países – Estônia, Finlândia, Grã-Bretanha, Israel, Luxemburgo, Macedônia, Polônia, Eslováquia e Turquia.

Fonte; FEI

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.