Por Fora
das Pistas

Notícias

Foto: Fagner Almeida/ABCCC/Divulgação

1 de outubro de 2018

Trio de Júlio de Castilhos leva o título da Campereada Team Penning

Na corrida contra o cronômetro, os participantes da final da Campereada Team Penning disputaram a final da modalidade na noite da última sexta-feira, dia 28 de setembro, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS). Promovida pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), 20 trios chegaram ao dia decisivo depois de 19 credenciadoras e mais de 550 animais que buscaram as vagas para a decisão.

No final, o trio composto por Clóvis Barros, Clecio Barros e José Vitor Somavilla, vindo de Júlio de Castilhos (RS), município reconhecido pelos seus competidores, levou o título do ano, com o tempo de 1’31’’188, sendo este o segundo menor tempo dos últimos anos. No segundo lugar do pódio, ficaram os paulistas Luis Augusto Tranquilini, Julio Trinussi Rodrigues e João Salla, com o tempo de 1’42’’114. Já na terceira colocação ficou o trio Tatiana Azevedo, Silvio Machado e Ismael Monteiro, no tempo de 1’45’917.

Os vencedores comemoraram o título e destacaram a competição acirrada, o que valorizou ainda mais a vitória. José Vitor elogiou a organização e o gado utilizado na prova. “Tivemos a sorte de fazer um tempo para vencer. Só temos a agradecer por esta vitória”, destacou. “Fizemos uma boa corrida e conseguimos um baita tempo na primeira tentativa e conseguimos sair campeões”, complementou Clóvis Barros.

A dupla de jurados ressaltou a evolução da prova de um ciclo para o outro. Segundo eles, a redução do tempo dos primeiros colocados indica o quanto os competidores têm se desenvolvido na modalidade. De 2017 para 2018, o tempo reduzido do lugar mais cobiçado no pódio foi de 30 segundos, o segundo menor tempo dos últimos 6 anos. “Foi um excelente resultado. O trio já se destacou na primeira passada com 32 segundos, mesmo com o tamanho da pista e a dificuldade imposta pelo gado, um gado rápido. A prova mostrou que a competitividade não impediu o respeito entre os competidores”, explicou Ricardo Guazzelli Martins.

Das pistas para o julgamento, Telmo de Oliveira Peixoto já levou quatro troféus da Campereada para casa e elogia a estrutura do evento. “É um prazer imenso poder julgar a prova. Ver a evolução da pista e um gado de qualidade. Essa concorrência cada vez mais acirrada leva à evolução dos tempos executados pelos participantes”, comentou o jurado.

Confira o resultado

1ª lugar
Clovis Barros montando Luma do Toropi, Clecio Barros montando Nebuloso do Toropi e José Vitor Somavilla montando Malacara do Toropi
6 bois – 1’31’’188

2º lugar
Luis Augusto Tranquilini montando Feitiço Betolini, Julio Trinussi Rodrigues montando Capa Negra Safari e João Salla montando Guapo da Matarazzo
6 bois – 1’42’’114

3º lugar
Tatiana Azevedo montando Engano da Vitoria Velho, Silvio Machado montando Atrevida da Vitoria Velho e Ismael Monteiro montando Cambota da Vitoria Velho
6 bois – 1’45’917

Fonte: Nestor Tipa Júnior/AgroEffective

 

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.