Por Fora
das Pistas

Acontece

O cavaleiro Fabio Leivas tenta o tricampeonato no GP do Troféu Perpétuo Roberto Marinho

17 de novembro de 2016

Sociedade Hípica Brasileira comemora 78 anos em grande estilo

Os melhores conjuntos do Brasil vão estar na Sociedade Hípica Brasileira, a partir desta sexta-feira, para o  Concurso de Saltos Nacional (CSN) de Aniversário dos 78 anos do clube. São mais de 350 conjuntos que vão disputar os R$ 200 mil em prêmios distribuídos em provas para todas as categorias, em provas de 90 cm até 1.50m.

A atração principal será domingo, com a disputa do tradicional Troféu Roberto Marinho. No sábado, será disputado o Clássico, que este ano distribui o Troféu Pedro Valente e, na série principal, destaque para o prêmio extra Geraldo Sá para o melhor conjunto dos dois dias (provas 4 e 14). Os percursos do CSN levam a assinatura do armador internacional Helio Pessoa e este ano, numa iniciativa inédita da FEERJ e da SHB, pela primeira vez, todos os cavaleiros inscritos no evento levarão para suas salas de troféus, uma placa de cocheira que homenageia a nova pista coberta para competições internacionais da cidade. O picadeiro Eloy Menezes da Hipica.

No sábado, a partir das 14  horas, haverá o lançamento do Troféu Perpétuo Nelson Pessoa, com a presença do cavaleiro. A partir de 2017, o  vencedor do GP Cidade do Rio de Janeiro, durante o CSI- W do RJ, a mais importante competição internacional do Estado, terá seu nome inscrito no troféu. Cavaleiro carioca, que montava no clube, Neco, como é conhecido, se tornou um dos mais importantes ginetes do todos os tempos, reconhecido e reverenciado no mundo todo e é o único tetracampeão desta prova.

Ainda no sábado, depois do Clássico, principal prova do dia, às 18 horas, que este ano homenageia o cavaleiro, importante proprietário, incentivador e dirigente do esporte, Pedro Valente, falecido em 2016,  começa com o imperdível steeplechase.  A corrida com obstáculos naturais apresentada por pôneis, montados por crianças alunos do Pônei Club do Brasil, que funciona na Hípica. Os principais eventos equestres do mundo incluem em sua programação vários tipos de apresentações, que divertem o público no intervalo das competições, mas a mais querida é sem dúvida,  a corrida de pôneis, inspirada da famosa corrida de obstáculos inglesa The John Smith’s Grand National Chase.

E, ainda, no próprio sábado para sócios e convidados, o  coquetel de aniversário, com open bar e dj, na varanda do restaurante, das 19 às 22 horas. Quem tiver fôlego, depois do coquetel acontece no Salão Nobre a Festa Rara. Sócios e participantes do concurso estão convidados.

Troféu Perpétuo Roberto Marinho

No domingo, a partir das 17 horas, é a vez do Grande Prêmio Roberto Marinho. Instituído há 27 anos para homenagear um dos maiores incentivadores do clube e patronos do esporte, o GP do Troféu Roberto Marinho virou um clássico do calendário hípico nacional.  Apenas cinco cavaleiros já venceram esta prova mais de uma vez e têm seus nomes gravados em duplicata no troféu perpétuo estrategicamente colocado em frente à pista que leva o nome de seu homenageado: Fabio Leivas (1988 e 1990), Vitor Alves Teixeira (1991 e 2000), Luiz Francisco de Azevedo (1995 e 2011), Rodrigo Ullmann Lima (2001 e 2002), e Rodrigo Sarmento (2004 e 2012).

O carioca Fabio Leivas e  o mineiro Rodrigo Sarmento estarão na pista Roberto Marinho, no próximo domingo, para tentarem o tricampeonato. Mas, vem para briga do Troféu ainda, o conjunto olímpico José Roberto Reynoso Fernandez e Maestro St Louis.  E eles vêm com sede. Afinal, José Roberto é o cavaleiro brasileiro mais premiado da atualidade, detentor dos mais importantes títulos nacionais e internacionais disputados no pais,  mas este ele ainda não possui. Destaque ainda para a participação dos olímpicos Felipe Amaral, Luiz Felipe de Azevedo e Paulo Stewart, além dos representantes da casa, Thiago Mattos, Marcello Ciavaglia e Tiago Mesquita. E, direto da Europa para a SHB, João Vitor Castro, a jovem estrela brasileira que vem brilhando no cenário internacional, aluno de Neco e a jovem amazona dinamarquesa, Rikki Baker.

Quem ganha a prova, leva para casa uma réplica do troféu e tem seu nome eternizado na escultura em bronze que é um marco de um dos clubes hípicos mais antigos do país.  O GP  Roberto Marinho será transmitido ao vivo, na íntegra, pelo SporTV.

As provas CSN de Aniversário da SHB vão de sexta a domingo a parti das 9 horas. O evento é aberto ao público e a entrada é franca. Todas as competições serão transmitidas ao vivo e os resultados também podem ser conferidos online, em tempo real, através do site www.shb.com.br ou do aplicativo da SHB disponível para as plataformas Android e IOS.

O CSN de Aniversário da SHB conta com o apoio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, Ministério do Esporte, Governo Federal, Multiplan, Village Mall, Osklen, Ceratti, Maison du Cavalier, AD Life Style, e chancela de FEERJ e CBH.

Fonte: CPC

  • Compartilhe
  • <