Por Fora
das Pistas

Notícias

Foto: Karen Nunes/ABCCC/Divulgação

9 de novembro de 2017

Seminário sobre Bem Estar Animal apresenta ações implantadas em eventos da ABCCC

Veterinários, técnicos, ginetes e representantes de entidades participaram do 1º Seminário de Bem-Estar Animal em Eventos Equestres, promovido nesta quarta-feira, dia 8 de novembro, pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), com o apoio do Ministério da Agricultura e Abastecimento (Mapa).

No evento, realizado no Parque de Exposição Assis Brasil, em Esteio (RS), foram apresentadas as principais ações realizadas pela associação para consolidar, cada vez mais, a questão do bem estar animal nas atividades da entidade e em eventos equestres. “Contamos com técnicos capacitados e treinados para desenvolver a questão do bem estar animal junto a todos os núcleos nos eventos organizados pela ABCCC, tanto para equinos quanto para bovinos”, destacou o gerente de Eventos da entidade, Ibsen Votto.

Já o multicampeão e experiente ginete, Daniel Teixeira, presente no Seminário como participante, destacou que ações de bem estar animal devem começar dentro das propriedades. “Temos que levar todas essas iniciativas e informações para dentro das propriedades. Lá que deve começar essa cultura de cuidados com os animais”, disse.

De acordo com o médico veterinário e fiscal federal agropecuário, Luiz Otávio Silveira, o bem estar animal é uma exigência da sociedade e todos devem fazer sua parte. “É bastante satisfatório ver a ABCCC tomando iniciativas assim para avançar neste tema antes que as demandas se apresentem. E essa pró-atividade da associação em torno do Cavalo Crioulo é bem significativa e importante para todos que lidam nesse setor”, afirmou.

O Superintendente do Serviço de Registro Genealógico da ABCCC, Frederico Araújo, lembrou que a associação já atua na prevenção de incidentes através da subcomissão de bem estar animal e com novas regras no regulamento das competições. “A entidade já tem o cuidado com essa questão do bem estar animal através de ações como novas regras implantadas no ciclo 2017, como o vet check e a admissão veterinária na final da morfologia, classificatória e Freio de Ouro”, lembrou.

Segundo os representantes do Ministério da Agricultura, novos eventos como o realizado nesta quarta-feira, em Esteio, devem acontecer ao longo de 2018 para que o tema bem estar animal siga na agenda de todos que lidam com os eventos equestres e animal de modo geral.

Fonte: Emerson Alves/AgroEffective

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.