Por Fora
das Pistas

Notícias

Foto: Winner Horse

20 de dezembro de 2017

Saúde Animal – Vacinação dos equídeos é imprescindível

O Brasil é um dos maiores criadores de equídeos do mundo. Segundo dados da FAO (Food and Agriculture Organization of the United Nations), o país possui mais de 5 milhões de cabeças de equídeos. Porém, manter a saúde da tropa é um dos maiores desafios enfrentado pelos criadores.

No ambiente, os equídeos são constantemente expostos a diversos agentes infecciosos que transmitem uma série de doenças. Além de gerar gastos com tratamentos e prejuízos econômicos, algumas enfermidades podem levar os animais à morte.

Para diminuir os riscos de contaminação, os criadores precisam investir em um programa de vacinação eficaz, juntamente com as orientações do  Médico-veterinário.

Frente aos desafios impostos para proteção dos cavalos, a Ceva Saúde Animal, líder brasileira no mercado de equídeos, desenvolveu um protocolo de vacinação exclusivo.

“O programa é composto por três vacinas Tri-equi, Rabmune e Garrotilho. Juntas, elas oferecem proteção robusta contra Gripe Equina, Encefalomielite Equina, Tétano, Raiva e Adenite Infecciosa, popularmente conhecida como Garrotilho, que são as principais doenças que afetam a tropa brasileira”, afirma a Gerente de Linha da Unidade de Equídeos da Ceva Saúde Animal, Baity Leal.

O protocolo oferece uma série de diferenciais para os criadores e  Médicos-veterinários, entre eles, a abrangência na proteção dos equídeos, a eficácia dos produtos, além da assistência prestada pela equipe da Ceva Saúde Animal. “Nossos profissionais estão preparados para auxiliar os clientes, tirar dúvidas e oferecer o melhor suporte técnico-comercial”, comenta Baity.

A vacinação dos equídeos no Brasil segue as normas do Programa Nacional de Sanidade de Equídeos (PNSE), que estipula quais vacinas são obrigatórias, como por exemplo, a de influenza equina, e quais enfermidades necessitam de notificação compulsória. No entanto, existem diferenças de região para região quanto à forma de fiscalização.
“É importante ressaltar que todo esquema de vacinação em equídeos deve respeitar quesitos como quantidade e intervalo entre doses, além de seguir corretamente as necessidades de reforços semestrais e anuais de cada vacina”, afirma Baity.

Além de garantir a saúde dos equídeos, as vacinas são uma medida de saúde pública, pois algumas doenças podem ser transmitidas ao homem caso os animais não estejam devidamente protegidos. “A raiva equina e encefalomielite viral equina são exemplos de zoonoses, onde o equídeo representa um dos importantes reservatórios da doença no ambiente. Por isso, a vacinação é extremamente importante para garantir a proteção do animal e dos seres humanos”, finaliza Baity.

Sobre a Ceva Saúde Animal
A Ceva Saúde Animal é atualmente a 6ª maior empresa de saúde animal do mundo, presente em mais de 110 países tem sua atuação focada na pesquisa, desenvolvimento, produção e comercialização de produtos farmacêuticos e biológicos para animais de companhia, e produção (bovinos, suínos, equídeos e aves). Mais informações disponíveis no site: www.ceva.com.br

Fonte: Tantas

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.