Por Fora
das Pistas

Notícias

29 de Abril de 2018

Saúde Animal – Saiba quais plantas são tóxicas para os cavalos

O cavalo é susceptível de adoecer pela ingestão acidental de uma substância nociva, convém conhecer as espécies mais passiveis de causar acidentes e retirá-las do alcance do animal.

Confira abaixo plantas que são encontradas facilmente em prados e pastagens, conhecidas por serem tóxicas e trazem diversas reações na saúde do cavalo.

 Plantas tóxicas para equinos

Bolotas
São venenosas apenas em grandes quantidades. Pode causar cólicas, prisão de ventre, dor abdominal e danos renais.

Oleandro
Apresenta uma grande toxicidade e pode causar a paragem cardíaca do cavalo.

Cavalinha
É tóxica porque destrói a vitamina B no organismo do cavalo.

Cicuta
Uma planta altamente tóxica visto que contém um veneno mortal que afeta os cavalos e outros animais.

Milfurada (Erva-de-são-joão)
É tóxica para o fígado do cavalo e causa um dano hepático específico que acaba se traduzindo em hipersensibilidade à luz solar que causa feridas nas zonas não pigmentadas da pele. Uma forte intoxicação pode inclusivamente chegar a ser mortal.

Louro
A intoxicação dessa planta manifesta-se através de vômitos e diarréias chegando afetar o coração.

Rododendro
Esta planta contém uma substância tóxica chamada grayanotoxina que causa a morte em poucas horas após a sua ingestão.

Senécio
Conhecida por ser muito venenosa onde afeta especificamente o fígado do cavalo até causar a destruição progressiva deste importante órgão vital.

Teixo
Causa um envenenamento tão letal como rápido, podendo chegar a casos em que o animal morreu ainda com a presença de folhas na sua cavidade bucal.

Algas
Encontram-se nos charcos e a sua intoxicação causa tremores, dificuldade para coordenar os movimentos e hipersensibilidade, o cavalo pode morrer em poucas horas.

Beladona
A intoxicação por beladona causa arritmias cardíacas, dilatação das pupilas, tremores musculares, cegueira e convulsões.

Campainha
É uma planta que possui uma importante ação sobre o coração por isso, ao afetar um órgão de vital importância pode causar a morte do cavalo.

Cardo
Para manifestar uma intoxicação por esta planta o cavalo tem que ter consumido grandes quantidades durante um mínimo de 30 dias. A intoxicação pode ser analisada através da paralisia facial e edema, causa da morte do animal.

Brócolis e couve-flor
Não são vegetais venenosos porém, podem causar gases e cólicas no delicado aparelho digestivo do cavalo, provocando alterações intestinais.

Erva-de-santiago
É altamente tóxica e provoca danos irreversíveis no fígado do cavalo.

Erva-de-sudão
Afeta o sistema respiratório do cavalo até causar a morte por paralisia respiratória.

Na maioria das vezes, não existe um antídoto específico para essas intoxicações. O recomendável é ficar atento ao local que o animal convive e se ocorrer o consumo da planta chamar imediatamente o veterinário.

Fonte: Blog Rural Vende

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.