Por Fora
das Pistas

Notícias

12 de dezembro de 2017

Sandra Smith de Oliveira Martins chega ao nível 4* de juíza de adestramento FEI

No início desse mês de dezembro a Federação Equestre Internacional, juntamente com a Federação Russa de Hipismo, promoveu o curso para promoção de juízes internacionais de Adestramento 3 e 4 estrelas no Maxima Park, em Moscou.

A Argentina foi representada com sucesso por Sandra Smith de Oliveira Martins, que reside no Brasil, e conseguiu sua promoção.

“Eu passei para juiz 4* pela Argentina, país de minha nacionalidade.” Lembrando que hoje o Brasil conta com a experiência de 2 juízes 4*: Claudia Mesquita e Natacha Wadell.

Katrina Wust e Mariette Withages foram as responsáveis pelas aulas que tiveram por base: exames de julgamento de vídeos, prova escrita, julgamento ao vivo e exame oral.

Estiveram presentes juízes de 15 lugares como:  Argentina, Estados Unidos, Canadá, Dinamarca, Holanda, Espanha, Austrália, Finlândia, Rússia, Nova Zelândia, Holanda e Áustria.

“Muitas mudanças estão acontecendo no Adestramento e, esses cursos de exame e/ou refresh são muito importantes para a atualização e por consequência bom julgamento geral de provas, não só aqui no Brasil, mas em todo o mundo.” Declarou Sandra Smith, que também é diretora de adestramento da CBH na atual gestão.

Baseado em regras FEI, a principal “promoção” de juiz 3* para um juiz 4* é que o 4* pode julgar campeonatos, entre eles Pan Americanos, Europeus, etc. Já os Jogos Olímpicos e WEG são julgados apenas por juízes 5*, no qual existem 34 em todo o mundo.

“Para chegar a ser juiz internacional é preciso muita dedicação e estudo. Antes de qualquer exame é necessário fazer umas 3 viagens para a Europa para completar os pré-requisitos, que são os “shadow judging”, onde o Juiz julga a prova sem valer e 2 juízes 5* avaliam seu desempenho. Além dos “sit in”, quando o juiz candidato fica dentro do júri com o juiz 5* durante as provas e responde a perguntas sobre o julgamento. O candidato ganha notas por esses SJ e SI é só depois pode se inscrever para participar de um curso com exame, sempre com aprovação da sua federação nacional.” Finalizou a juíza recém aprovada a 4*.

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.