Por Fora
das Pistas

Notícias

6 de julho de 2016

RS divulga novas regras para exame de mormo

São elas: ampliação do prazo de validade do exame negativo para doença do mormo, de 60 para 180 dias, e novas alternativas para aumentar o controle sanitário e emissão de Guias de Transito de Animais, entre elas a Instrução Normativa que habilita médicos veterinários a emissão de GTAs.

De acordo com informações do secretário estadual da Agricultura, deputado Ernani Polo, a extensão do prazo deu-se pela baixa incidência da doença no Estado.

“Chegamos a esta ampliação após verificarmos a baixa incidência da doença. Nosso objetivo é manter o controle e o monitoramento do mormo, medida que estamos realizando de forma eficaz. Por outro lado, é fundamental que os proprietários realizem exames, inclusive naqueles animais que não foram testados, para que o cerco à doença aumente”, disse.

Mormo

A doença não tem tratamento e, se confirmado o diagnóstico, o animal deverá ser sacrificado.

Fonte: Noticias da Pecuária; com informações Seapi

  • Compartilhe
  • <