Por Fora
das Pistas

Notícias

22 de novembro de 2019

Regras para o Campeonato Brasileiro de Adestramento

Para sagrar-se Campeão das séries Pônei/Iniciante /Mini-mirim/Mirim/Junior/Young Rider/ Amador Top e Amadores de todas as séries o percentual mínimo é de 61% e para sagrar-se Vice campeão é 60%.

Nas séries Sênior / Sênior Top /Intermediaria (médium tour) e CN 4,5,6 e 7 anos o percentual mínimo para sagrar-se Campeão é de 65% e Vice-campeão é de 64%.

Todos os Amadores e Juvenis devem enviar o termo de Amador e Juvenil assinado junto com sua inscrição.

Todos as pessoas que apresentarem os cavalos na inspeção veterinária devem estar de capacete.

É proibido fazer a prova de chicote. Na distensão o chicote é permitido, dentro das medidas regulamentares (comprimento máximo de 100 cm para pôneis e 120 cm para os demais).

Também são proibidos adornos como fitas nas patas e no rabo do cavalo.

O uso da espora é facultativo para as séries Pônei, Elementar Amador e Iniciante.

É obrigatório o uso de capacete para a competição.

É proibido o uso de rédeas auxiliares como martingal, peitoral, nasal strips, etc.

Toucas de orelha são autorizadas. Abafadores de ruído não.

Rádios e fones de ouvido são permitidos apenas para a pista de aquecimento.

Os instrutores devem passar suas instrutores aos alunos do lado de fora da
pista de aquecimento.

Ajustes de material devem ser feitos fora da pista de aquecimento.

Nenhum cavalo pode ser montado por outra pessoa que não seja o concorrente após as 18 h do dia que antecede a primeira prova. Exceção feita para Pônei, Iniciante, Elementar Amador, Mini-mirim e Mirim, onde os cavalos podem ser montados até 2 horas antes da prova, desde que o trabalho seja acompanhado por um steward oficial do concurso.

Após se apresentarem, todos os conjuntos devem se dirigir à área designada para o exame de arreamento. Durante esse exame o cavaleiro deve permanecer montado sem a presença de tratadores, amigos ou familiares.

O Steward poderá fazer uma checagem rápida no arreamento antes do conjunto ingressar na pista, para prevenir problemas de entrada com arreamento proibido, porém é de responsabilidade total do atleta não entrar na área de competição com arreamento proibido.

Após a inspeção veterinária cada cavalo receberá um número de identificação que deve ser fixado na manta ou na cabeçada. É obrigatório que este número seja usado pelo cavalo enquanto estiver competindo ativamente e em todos os momentos em que estiver trabalhando nas áreas de treinamento ou sendo puxado ao passo (desde a hora de sua chegada até o término do evento), de modo que ele possa ser identificado pelos Oficiais e Fiscais (Steward).

O uso de protetores e ligas é permitido apenas durante o aquecimento. Eles devem ser retirados antes de entrar no espaço em volta da pista oficial de competição.

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.