Por Fora
das Pistas

Acontece

Jovem cavaleiro uruguaio de 23 anos dá show na pista e conquista seu mais importante título da carreira e a honra de colocar o nome no Troféu Perpétuo Roberto Marinho; foto: Emerson Emerim

27 de novembro de 2017

Rafael Isasa é o grande vencedor GP do CSN 79º Aniversário da SHB

Um dos mais jovens cavaleiros a inscrever o nome do Troféu Roberto Marinho , o uruguaio Rafael Isasa entra para a história ao conquistar  o Grande Prêmio de Aniversário da Sociedade Hípica Brasileira, na tarde deste domingo,  com muita classe e eficiência. O difícil, exigente e delicado   percurso proposto por  Hélio Pessoa na primeira volta da competição  teve apenas dois conjuntos sem faltas, Isasa e P Compadre Wind Shear e  Felipe Juarez, com Chalenger Jmen II. Mas 11 voltaram para a segunda volta. Quatro com uma falta e cinco com duas.

Entretanto,  o único duplo zero foi do jovem representante de São Paulo, que montou o sela holandês  de propriedade do  cavaleiro olímpico Felipe Amaral.  Em segundo chegou  o também cavaleiro olímpico Stephan Barcha com uma falta na primeira volta e o zero mais rápido da segunda, seguido de  Luiz Felipe Pimenta Alvez, que também trouxe um derrube para o segundo percurso que completou sem faltas.

O pódio foi completado com o quarto lugar do carioca Thiago Mattos e Hermes do Santo Antonio, apenas uma penalidade no  primeiro percurso, seguido de José Roberto Reynoso  Fernandez, com um falta em cada volta e  Artemus de Almeida, com a mesma pontuação, porem com um tempo menor.

Era difícil de descobrir quem estava mais feliz. Se o jovem Rafael Isasa ou o instrutor e  proprietário do animal vencedor, Felipe Amara, que nunca competiu com o animal que chegou da Europa no final do ano passado.

O jovem campeão explicou que Amaral emprestou o P Compadre, um castanho de 13 anos, para ele saltar o ODESUR e formar uma equipe competitiva  pelo  Uruguai, como parte do projeto ciclo olímpico do país . Isasa mora em Montividéu, onde monta  e vem ao Brasil apenas para competir.

– “Esse é sem dúvida o título mais importante da minha carreira e o segundo Grande Prêmio que eu salto com o cavalo. Estava muito difícil, até porque, no Uruguai, o nível técnico das competições é muito mais  baixo  mas ainda bem que deu tudo certo”,  festejou o campeão, que monta o cavalo de seu instrutor desde  março deste ano quando Amaral foi ao Uruguai dar uma clínica.

 

Premiação GP; foto: emerson emerin

Resultados Domingo 26/11
GRANDE PRÊMIO 1.50M – 79º ANIVERSÁRIO DA SHB – TROFÉU PERPÉTUO ROBERTO MARINHO Competição em duas voltas
1-      Rafael Rodrigues Isasa/P Compadre Wind Shear/FPH – 0/0 – 51.50
2-      Stephan Barcha/Cheveaux Unforgetable/FHMG/ 4 -0 – 49.28
3-      Luiz Felipe Pimenta Alvez/VDL Valdez/4-0-50.55
4-      Thiago Mattos/Hermes do Santo Antonio/FEERJ – 4-0-53.18
5-      José Roberto Reynoo Fernandez/Azrael W /FPH– 4-4- 45,45
6-      Artemus de Almeida/Uma Bella 9/FPH – 8-0 – 49.040

Fonte: CPC

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.