Por Fora
das Pistas

Notícias

Pictures by Nacho Olano

7 de outubro de 2019

Prêmio da Longines Challenge Cup fica em casa

Com a vitória da Espanha na Longines Challenge Cup, a competição de consolação da final da Copa das Nações, o público que lotava as tribunas do Real Clube de Polo de Barcelona vibrou como nunca antes.

Os heróis Alberto Márquez Galobardes (Massagista Ucello), Eduardo Álvarez Aznar (Rokefeller de Pleville Bois Margot), Santiago Núñez Riva (Valentino de Hus Z) e Sergio Álvarez Moya (Jet Run) e Marco Fuste como Chefe de Equipe obtiveram uma histórica vitória para o esporte equestre espanhol.

Depois de falhar na qualificação para a Final da Copa das Nações de Salto Longines FEI por 45 centésimos de segundo, a equipe espanhola completou uma espetacular Challenge Cup

Como os três melhores percursos são os únicos contados, as 12 penalidades de Santiago Núñez Riva não foram adicionadas ao placar da Espanha.

Apenas os quatro pontos de Alberto Alverez Galobardes foram levados em consideração, já que Eduardo Alvarez Aznar estava zerado. Sergio Alvarez Moya, o último da equipe a entrar na arena, sabia perfeitamente que apenas uma rodada limpa poderia garantir a vitória à Espanha.

Um silêncio invadiu a tribuna enquanto o último espanhol estava na arena. O asturiano explodiu de alegria depois de completar o percurso sem penalidades.

A Holanda terminou em segundo com um total de 8 pontos e o Brasil obteve o terceiro lugar com um total de doze pontos perdidos.

Coincidindo com o segundo jantar de gala, a Longines Challenge Cup contou com a presença de Simon Baker, embaixador da elegância da Longines. O ator australiano, conhecido por seu papel no programa Mentalist, estava encarregado da cerimônia de entrega dos prêmios, juntamente com os altos representantes do CSIO Barcelona.

Fonte: Oxer Sport

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.