Por Fora
das Pistas

Notícias

Cavalo de racha foi identificado pela Polícia Civil de Mairinque — Foto: Polícia Civil/Divulgação

30 de dezembro de 2018

Polícia culpa dupla que fez racha com cavalos em rodovia por maus-tratos

A Polícia Civil finalizou o inquérito e culpou por maus-tratos e perigo à saúde os dois homens que fizeram um racha com cavalos em charretes no quilômetro 65 da Rodovia Raposo Tavares, em Mairinque (SP). A dupla vai responder em liberdade.

Segundo a delegada Fernanda Ueda, um laudo do Instituto de Criminalística (IC) apontou que os animais corriam a uma velocidade média de 50 quilômetros por hora. Um vídeo que repercutiu nas redes sociais em 20 de outubro mostrou os dois rapazes em charretes puxadas pelos cavalos.

Um dos animais caiu na pista e quase foi atropelado pelo carro que estava atrás. Durante o depoimento, um dos rapazes contou que os cavalos ficam em São Roque e que os dois estavam a caminho de outra cidade.

O inquérito foi encaminhado ao Fórum e os dois devem responder em liberdade pelos crimes.

O registro mostra em determinado momento que o atrito das patas de um dos cavalos causou faíscas na pista e, em seguida, o animal caiu em alta velocidade.

A polícia encontrou os dois cavalos dias depois. Um estava visivelmente machucado e seria o que aparece nas imagens. Questionado sobre a “corrida”, o suspeito disse que estava “exercitando os animais” na via.

Outras imagens divulgadas na internet mostraram que a prática de rachas entre charretes é frequente na Rodovia Raposo Tavares, no trecho que passa por Mairinque.

Fonte: Por Carlos Dias, G1 Sorocaba e Jundiaí

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.