Por Fora
das Pistas

Notícias

Foto: Leandro Vieira/ABCCC/Divulgação

16 de abril de 2018

Pista de Pelotas carimba passaportes rumo à Expointer

Pelotas (RS) é parada obrigatória no circuito de Exposições Passaporte da raça Crioula. E se tem uma palavra que define a pista do município gaúcho, essa palavra é tradição. As 45 edições da seletiva realizada pelo Núcleo Sudeste de Criadores de Cavalos Crioulos, completadas nestes dias 14 e 15 de abril, provam que há muito tempo a cidade vem selecionando fortes candidatos rumo à Morfologia da Expointer. Desta vez, a decisão veio da avaliação de um grupo de 70 animais (mais 17 incentivo), dentro do qual foram elencados os oito que melhor representam a força do Sul do Estado na grande decisão.

O cenário foi a pista do Parque Ildefonso Simões Lopes, dentro da Associação Rural de Pelotas, um local cheio de história. Foi ali, do lado da sede da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) que o olhar do jurado Jorge Rosas Demiate Júnior avaliou cada passada dos animais em pista, onde os exemplares mais jovens chamaram a atenção do avaliador. Sobre os grandes campeões, a impressão não poderia ser melhor. “Os dois animais novos, de muita qualidade racial, muito adorno, muito selo. A potranca (Melhor Exemplar) diferenciada, que caminha com muita facilidade, impressiona a entrada dela na pista por beleza e por feminilidade”, comenta.

Para a Cabanha Santa Edwiges, de São Lourenço do Sul (RS), a pista de Pelotas é uma velha conhecida. Passaportear por aqui já virou rotina, mas o gosto por ver cada novo animal entrando com força nas avaliações morfológicas ainda é um grande satisfação para os representantes do criatório. Na fila das fêmeas, desta vez foram dois destaques: a Grande Campeã e Melhor Exemplar da Raça, JA Padroeira, e também a Reservada Grande Campeã, Olímpica de Santa Edwiges. “Essas potrancas são de duas gerações diferentes e elas eram as mais lindas da geração delas, então desde pequenas nós tinhamos essa esperança de que poderiam representar bem o trabalho da Santa Edwiges. E agora está confirmado”, conta José Antônio Anzanello, um dos proprietários da cabanha.

Também entrando na linha dos jovens animais que saíram na ponta, Semblante Mapocho carimba o passaporte com o bônus de ter sido eleito o Grande Campeão da disputa. Orgulho para o criatório, a Cabanha Mapocho, e também para o Condomínio Semblante, que fez a aposta certeira e adquiriu o potranco em um leilão recente onde o zaino foi destaque. “Desde que ele nasceu ele é o melhor potranco da geração e a gente tinha certeza que tinha um projeto bem promissor para ele. Ele carrega a genética de três grandes animais bem importantes da cabanha”, explica Cláudia Sant’anna, uma das expositoras do afixo Mapocho.

Para a organização, tudo saiu dentro do esperado. Com bom número de participantes e a estrutura montada para receber e julgar, o panorama final foi bastante positivo para o presidente do Núcleo Sudeste, Roberto Xavier Martins. “A nossa exposição de Passaporte honrou o que Pelotas merece ter. Uma exposição de qualidade, alto nível de animais. E isso faz com que a gente tenha uma representação lá na Expointer muito forte. Então estou muito contente de ser presidente do Núcleo e poder promover um evento dessa qualidade”, avalia o gestor.

Confira o resultado

FÊMEAS

Melhor Exemplar da Raça e Grande Campeã
JA Padroeira, criador e expositor José Antônio Anzanello, Cabanha Santa Edwiges, São Lourenço do Sul/RS

Reservada Grande Campeã
Olímpica de Santa Edwiges, criador e expositor Daniel Anzanello, Cabanha Santa Edwiges, São Lourenço do Sul/RS

Terceira melhor fêmea
Xerga 248 da Recalada, criador e expositor Fábio Langlois Ruivo, Cabanha Recalada, Pelotas/RS

Quarta Melhor Fêmea
Melodia da Cabanha Santa Fé, criador e expositor Gilberto Rodrigues de Freitas, Cabanha Santa Fé, Taquara/RS

MACHOS

Grande Campeão
Semblante Mapocho, criador Sérgio Santos Sant’Anna e Filhas e expositor Condomínio Semblante, Cabanha Mapocho, Pelotas/RS

Reservado Grande Campeão
Mais Um Magistrado, criador e expositor Claudio Omar de Almeida, Cabanha Mais Um, Pelotas/RS

Terceiro Melhor Macho
Militar da Cabanha Santa Fé, criador e expositor Gilberto Rodrigues de Freitas, Cabanha Santa Fé, Taquara/RS

Quarto Melhor Macho
Sombreiro do Liscano-TE, criadores e expositores Pietro e Giuliano Pereira Zanetti, Fazenda Liscano, Arroio Grande/RS

Fonte: Francine Neuschrank/ABCCC

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.