Por Fora
das Pistas

Notícias

1 de abril de 2018

Pinda confirma morte de cavalo por raiva e orienta vacinação de animais rurais

Após confirmar a morte de um cavalo por raiva, a Prefeitura de Pindamonhangaba fez um alerta para os donos de animais rurais, como bois e cavalos, para que os rebanhos sejam vacinados. O último registro de raiva em animais de grande porte tinha sido em 2016.

Segundo o Departamento de Agricultura, a vacinação é o principal meio de defesa contra a raiva, por isso a vacinação é importante, embora não seja mais obrigatória no estado. Nos animais que contraem a doença, a incidência de morte é de 100%. Não há cura para raiva.

A vacinação evita que ocorra um surto de raiva. Para fazer 25 doses, o criador vai gastar cerca de R$ 10,00 e deve ser feita uma vez ao ano.

Nos casos como o de Pinda, quando a prefeitura é alertada, a ação de bloqueio é feita de graça pela administração municipal.

Após confirmar a morte de um cavalo por raiva, a Prefeitura de Pindamonhangaba fez um alerta para os donos de animais rurais, como bois e cavalos, para que os rebanhos sejam vacinados. O último registro de raiva em animais de grande porte tinha sido em 2016.

Segundo o Departamento de Agricultura, a vacinação é o principal meio de defesa contra a raiva, por isso a vacinação é importante, embora não seja mais obrigatória no estado. Nos animais que contraem a doença, a incidência de morte é de 100%. Não há cura para raiva.

A vacinação evita que ocorra um surto de raiva. Para fazer 25 doses, o criador vai gastar cerca de R$ 10,00 e deve ser feita uma vez ao ano.

Nos casos como o de Pinda, quando a prefeitura é alertada, a ação de bloqueio é feita de graça pela administração municipal.

Fonte: Por G1 Vale do Paraíba e região

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.