Por Fora
das Pistas

Acontece

Thiago e Sulki do Santo Antonio em salto espetacular em casa na Sociedade Hípica Brasileira

9 de dezembro de 2016

Pelo Brasil, Thiago Mattos garante vaga na Final da Copa do Mundo 2016/2017

A cada ano, os dois melhores cavaleiros da Liga Sul Americana para Copa do Mundo habilitam-se para Final que a chega a sua 39ª edição, entre 29/3 e 2/4, no CenturyLink Center, em Omaha, Nebraska (EUA).

Esse ano, o cavaleiro carioca Thiago Mattos comemorou o vice-campeonato com 42 pontos e José Roberto Reynoso Fernandez Filho chegou em 3º lugar, 39 pontos. A vitória foi do ginete uruguaio Martín Rodriguez Vanni, 45 pontos. Em caso de desistência, Zé Reynoso pode garantir a vaga.

Ao todo, foram seis os GPs válidos pela Liga Sul Americana 20016/2017 nos seguintes Internacionais: Curitiba, 28/4 a 1/5, Sol de Mayo na Argentina, 12 a 15/5, Rio de Janeiro, 22 a 25/9, Indoor em São Paulo, 5 a 9/10, The Best Jump Porto Alegre, 27 a 30/10, El Capricho, na Argentina, 23 a 27/10. Participaram da liga 89 atletas, dos quais 49 pontuaram.

Na jornada que lhe rendeu a qualificação para a Final Copa do Mundo foram duas as montarias: Sulki do Santo Antonio, um sela francês de 10 anos, filho de Calvaro en Si Tu Viens e Hermès do Santo Antonio, um sela belga de 9 anos, filho de Thunder em Capital, ambos de propriedade do Chiquinho Brandão e que já estão gozando de merecidas férias no Sítio Santo Antonio, no Condomínio Equestre Paddock, em Petrópolis.

A possível participação na Final da Copa do Mundo 2016/2017 pode ser a primeira grande estreia internacional do cavaleiro que, no entanto, já competiu e montou no Exterior. “Saltei a Final do FEI Childrens na California em 2004, onde fui convidado para participar do Internacional German Friendships, na Alemanha, que saltei em 2005 e 2007 nas categorias Mirim e Junior. Também passei um mês na Itália com o Felipe Azevedo Filho em 2004 e em 2010, estive durante um semestre na Bélgica montando no manège do renomado comerciante François Mathy, onde também pude participar de diversas provas”, lembra o Thiago.

Sobre a competição

A primeira edição da Copa do Mundo de Salto foi em 1979. Nas 38 finais até 2016, cavaleiros e amazonas da Alemanha e os EUA garantiram o maior número de títulos, respectivamente, 10 e 9 cada. Até hoje os EUA sediram Finais em Baltimore (1980), Tampa (1989), Del Mar, CA (1992) e Las Vegas (2000, 2003, 2005, 2007, 2009, 2015).

O brasileiro Rodrigo Pessoa está entre os maiores vencedores da história da competição com o tricampeonato 1998/1999/2000 e ainda duas vezes vice-campeão em 2001 e 2013 e bronze em 2002.

Para ver a classificação completa com eventos válidos entre 28/04/2016 to 27/11/2016 – clique aqui.

Fonte: CBH – C.May com fotos: João Markun/cedidas

  • Compartilhe
  • <