Por Fora
das Pistas

Notícias

Pedro Paulo Lacerda; foto: Beatriz Cunha

28 de setembro de 2015

Pedro Paulo Lacerda é bi campeão do GP Longines Troféu Roberto Marinho

Foi por pouco. Neste domingo quase conhecemos o primeiro tri campeão do Troféu Roberto Marinho. Mas a história acabou ganhando mais um bi campeão para se juntar aos outros cinco que têm seus nomes gravados na escultura em frente à  pista da Sociedade Hípica Brasileira. Quem vai ser eternizado, mais uma vez,  no troféu perpétuo é Pedro Paulo Lacerda, o grande vencedor do Grande Prêmio Longines de 2015.

O cavaleiro mineiro já foi vencedor desta mesma prova em 1999. Neste domingo de calor e um lindo entardecer na Lagoa, no dorso de Empire Cepel Sitio Chuin, foi o último a voltar para o segundo percurso  do difícil GP armado por Lucia Faria Alegria Simões, como um dos três zerados da primeira volta.

Ele tinha como adversário apenas o tempo de Rodrigo Lima e Chimbote LS que era o único com duas pistas limpas e 55.15s na segunda volta e, até este momento, segurava, pela terceira vez o troféu em suas mãos. Mas não era esse o destino planejado por que Lacerda entrou na pista arrojado, desde o obstáculo número um para o dois já fez um caminho por dentro que ninguém tinha feito e virou perto dos oxers, explorando a potência de seu parceiro. Deu certo. O cronômetro parou em confortáveis 50.66. O destino queria mesmo outro bi campeão. E a plateia que lotou o clube ovacionou o novo campeão.

A terceira posição no tradicional Grande Prêmio da SHB, disputado há 28 anos, ficou com o jovem Victor Mariano Luminati e seu tordilho Hommer ML, que terminaram a competição com apenas um ponto perdido por excesso de tempo na primeira passagem. Completaram o pódio Mario Appel e Chalenge Z na quarta colocação, também com um ponto perdido na primeira volta, André Miranda com o ótimo Barbarian DC, com apenas uma falta da primeira pista e o excepcional tempo de 48.59s da segunda ficaram em quinto e Pedro Junqueira Muylaert com Finesse Vd Middelsted, que voltou zerado para a segunda passagem mas acabou cometendo uma falta, terminou em sexto lugar.

Emocionado e feliz, o experiente Pedro Paulo Lacerda disse que o concurso foi maravilhoso e que deu tudo certo. “É uma honra poder escrever meu nome mais uma vez no Troféu Perpétuo Roberto Marinho. Uma conquista que poucos têm”. Sim, precisamente, seis, com ele agora.

Durante a tarde foram disputadas competições de amadores e jovens cavaleiros. Na prova de 1.10m, foram campeãs de Amador A Miriam Maffei e vice Helena Costa Carvalho.No Pré Mirim o campeão foi João Vitor Martins e a vice Gabriela Ramos e Pedro Moreira Leite no Master A.

No 1.20m tornou-se bi-campeão de Amador, o Capitão Estevão Grossi Aguiar da Silva e o vice-campeão foi João Roberto Marinho. Entre os Jovem Cavaleiros, o campeão foi João Pedro Robert e vice campeã  Fernanda de Oliveira Diehl. No Mirim, Kiara Arruda foi a campeã e o vice, Felipe Menezes. No Mater, campeã Renata Gazzola e vice Marco Antonio Alencar.

E, na prova de 1.30m, Rodrigo Roll foi campeão de Jovem Cavaleiro Tope o vice foi Guilherme Afonso Camargo. Entre os Amadores Top, venceu Renata Moraes e o vice foi Anderson Deps. No Pré-Junior Thiago Cabral campeão e a vice campeã foi Maria Fernanda Artman Severo.

Todos os  resultados podem ser vistos no site www.shb.com.br ou pelo aplicativo da SHB disponível para as plataformas Android e IOS.
O Longines Rio Equestrian Festival contou com o apoio de Hyundai, Itaú, SporTV, AD Lifestyle, Artefacto, Feat, Osklen, Multiplan, Village Mall e chancela de FEERJ, CBH e FEI.

  • Compartilhe
  • <