Por Fora
das Pistas

Notícias

Foto: Divulgação Terra

14 de agosto de 2016

Interesse pelo hipismo cresce a cada ano no Brasil

O Brasil é conhecido por ser a pátria do futebol, no entanto, o interesse pelo hipismo cresce a cada ano. As competições no Brasil começaram há mais de 370 anos, com o Torneio dos Cavaleiros, uma maratona de corrida que reuniu duas equipes – portugueses e brasileiros x europeus. Os anfitriões foram os campeões.

Em 1847, o então presidente Luis Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias, fundou o Clube de Corridas brasileiro. A partir daí, o Brasil procurou melhorar sua criação de equinos, importando cavalos puro sangue da Europa. A profissionalização da criação levou à fundação, sete anos mais tarde, do Jockey Club Fluminense.

O marco da chegada do esporte equestre ao Brasil ocorreu em 1863, quando o capitão do exército Luiz Jacome de Abreu de Souza lançou a Escola de Equitação de São Cristóvão. Em 1935, já havia um número considerável de centros de hipismo e foi criada a Federação Equestre Brasileira.

Em 1942, cavaleiros brasileiros competiram no exterior pela primeira vez, em um evento realizado no Chile. Seis anos mais tarde o Brasil fez a sua estreia olímpica nos Jogos de Londres, e desde então tem se destacado com atletas e equipes medalhistas no Salto, que conquistou o bronze em Atlanta (96) e Sidney (2000), além da medalha de ouro de Rodrigo Pessoa, em Atenas (2004).
O Centro Olímpico de Hipismo do Complexo Esportivo de Deodoro foi originalmente construído para os Jogos Pan-Americanos de 2007;

Fonte: Terra

  • Compartilhe
  • <