Por Fora
das Pistas

Acontece

Papi em momento de descontração na Hípica Santa Fé

10 de abril de 2015

Nota de Pesar: Albrecht Adolf Dietz – “Papi”

Com pesar o site PFDP comunica aos amigos do meio hípico a perda de um grande homem do cavalo, Albrecht Adolf Dietz, mais conhecido como Papi. Dietz nasceu em 1931, tinha, portanto, oito anos de idade quando teve início a II Grande Guerra Mundial. Com o fim do conflito, aos 14 anos, começou a trabalhar numa serralheria perto de sua casa. E nunca mais parou de trabalhar….Chegou ao Brasil aos 29 anos com a oportunidade de trabalhar na Radio Frigor e se tornou um grande empresário.

Engenheiro por formação, pioneiro da refrigeração brasileira, Papi foi o fundador da Sociedade Hípica Santa Fé. Inicialmente a atividade era desenvolvida no bairro de Veleiros, próximo de Interlagos. Ali realizavam-se competições de salto e adestramento, além de aulas e hospedagem de cavalos; há 10 anos a hípica transferiu-se para uma grande área no Jardim Angela e ano passado acabou fechando pelas condições físicas dele, já aos 83 anos, e também pela falta de associados.

A paixão pelos cavalos veio de quando o filho mais velho, do primeiro casamento, que hoje estaria com 47 anos, começou a montar na Hípica Santo Amaro e quis comprar um cavalo. A família toda se envolveu no hobby, incluindo o próprio Dietz, a esposa e a outra filha. Devido ao alto custo de manter cavalos numa hípica, foram construídas duas cocheiras no terreno da fábrica.  A paixão continuou com os filhos do segundo casamento, Daniel e Paloma.

Na manhã dessa sexta-feira, 10, Papi faleceu aos 84 anos, em São Paulo, e deixou toda uma história de amor e dedicação à família, aos amigos e pelos fieis companheiros de quatro patas, seus cavalos.

Nossos profundos sentimentos à família Dietz!

PFDP com infos EA

  • Compartilhe
  • <