Por Fora
das Pistas

Notícias

Presidente da ABCCC Eduardo Móglia Suñé e Ministro Blairo Maggi; Foto: Leandro Vieira/ABCCC/Divulgação

29 de agosto de 2017

Ministro da Agricultura destaca relevância do Cavalo Crioulo no setor

Com uma intensa agenda no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS), o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, esteve na noite de sábado, dia 26 de agosto, no espaço do Cavalo Crioulo. Na ocasião, foi recebido para um jantar oferecido pela diretoria da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). O encontro também contou com a presença do governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, o vice-governador José Paulo Cairoli e o secretário da Agricultura do Estado, Ernani Polo.

Maggi, durante o jantar, foi presenteado pela ABCCC com um exemplar da raça, cedido pela Reconquista Agropecuária, de Alegrete (RS). O animal fez sucesso, especialmente com o seu neto, que o acompanhava na agenda. “Recebi esse presente e fiquei muito feliz, não sou muito próximo aos cavalos mas esse é um animal muito bonito, meu neto está aqui e ele adorou. E agora esse belo cavalo vai morar em Cuiabá, no Estado do Mato Grosso”, destacou.

Sobre a importância da equinocultura para o agronegócio, especialmente a participação da raça Crioula neste mercado, o ministro da Agricultura disse que se surpreendeu com a repercussão do Cavalo Crioulo na Expointer e quanto ele movimenta nos negócios na feira. “E essa é uma raça muito importante para o Brasil. O presidente da ABCCC, Eduardo Suñe, me disse que cerca de 80% das vendas da Expointer no ano passado nos animais foram relacionadas ao Cavalo Crioulo. Para você ver a força da raça, desse animal e do Freio de Ouro”, observou.

Presente no encontro, o governador Sartori também ressaltou a importância da raça para a feira e para o Estado. “O Cavalo Crioulo tem um valor extraordinário, para o Rio Grande do Sul, para a Expointer e para o Parque Assis Brasil, pois a raça colabora muito com melhorias e na adequação do Parque. Além disso, é o animal símbolo do Estado sendo importante na questão cultural e também como negócio”, salientou.

Fonte: Nestor Tipa Júnior/AgroEffective

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.