Por Fora
das Pistas

Notícias

Foto: AgroEffective/Divulgação

4 de abril de 2018

Mercado da raça Crioula vem atraindo usuários do cavalo

Além das buscas pelas vagas para a grande final do Freio de Ouro, o Bocal de Ouro, que se realiza de 4 a 8 de abril no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS), será momento para negócios na raça Crioula. Com um mercado que vem demonstrando um reaquecimento desde o ano passado, inclusive confirmado pelo aumento de faturamento de 41% conforme dados da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), a expectativa é que se mantenham ao menos o volume de vendas da edição passada.

De acordo com o leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, o primeiro trimestre de 2018 começou com os mesmos parâmetros do ano passado, mas o aspecto positivo é o aumento de novos investidores na raça Crioula e que tem mais o perfil do usuário do cavalo e não do criador. “Os animais domados tem tido mais procura do que éguas de cria. O parâmetro foi o último leilão da São Rafael que fez cerca de R$ 30 mil de média com liquidez completa. Estamos vendo um ano com um olhar otimista com novos patamares de preços sem excessos, mas com boa fluidez”, ressalta.

Para Gonçalo Silva, leiloeiro e diretor do escritório, o momento nunca foi tão bom para o investidor, sendo propício para os novos criadores e usuários que querem montar um plantel. “E esta oferta do Bocal de Ouro culmina com uma qualidade de oferta de animais tanto em morfologia quanto em função, com filhos e filhas de grandes campeões, finalistas do Freio de Ouro, campeões em Morfologia, éguas prenhes de cavalos comprovados e cotas de grandes garanhões. É uma oferta maravilhosa e nunca esteve tão boa para os investidores. É o ano do comprador”, destaca.

A Trajano Silva Remates será responsável pelos cinco leilões do Bocal de Ouro, todos no Tattersal do Cavalo Crioulo e iniciando às 21h. Na quarta-feira, 4 de abril, as vendas abrem com o remate das cabanhas Carpe Diem, Mapocho e Passo da Lage. Na quinta-feira, dia 5 de abril, é a vez do leilão Infinito e Convidados. Já na sexta-feira, 6 de abril, é a vez do leilão Don Marcelino e La Castellana. No sábado, dia 7 de abril, ocorre o remate especial de 30 anos da Cabanha Malke. Finalizando, no domingo, 8 de abril, acontece o leilão da Reconquista Agropecuária.

Fonte: Nestor Tipa Júnior/AgroEffective

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.