Por Fora
das Pistas

Notícias

Na foto, João Victor Marcari Oliva montando F-Aron de Massa durante o Grand Prix do CDI3* de Cascais, em clique de Rui Pedro Godinho.

7 de março de 2020

Mais um índice olímpico para o brasileiro João Victor Marcari Oliva

João Victor Marcari Oliva montado F-Aron de Massa conquistou seu 3º índice rumo a Tóquio na tarde desta sexta-feira, 6/3, durante o Grand Prix do Concurso de Dressage Internacional (CDI3*) de Cascais, em Portugal, registrando 66,283% de nota média final e com dois juízes 5* da Federação Equestre Internacional (FEI), a russa Irina Maknami (69,022%) e com o britânico Clive Halsall (66,957%).

No mesmo evento, no sábado, 29/2, estreando na temporada, o jovem talento já havia se habilitado a única vaga do Brasil no Hipismo Adestramento nos Jogos de Tóquio ao atingir o 2º índice (68,217% de nota média final e 69,565% com o juiz dinamarquês Leif Tornblad). O 1º índice olímpico do atleta militar foi registrado em outubro, no CDI3* Le Mans, na França, onde o conjunto (cavalo/cavaleiro) registrou 66,239% na nota média final e 67.500% com Clive Harsall.

O índice olímpico (Requisito Mínimo de Elegibilidade, MER, na versão em inglês) estabelecido pela Federação Equestre Internacional (FEI) é de 66% de nota média geral e com juiz FEI5* no Grand Prix em Concursos de Dressage Internacional (CDIs) acima de 3*.

João Victor Marcari Oliva e F-Aron de Massa retornam às pistas em outros três CDIs em Portugal: em abril, de 3 a 5 no CDI3* Abrantes e de 24 a 26 no CDI3* Alter do Chão e,entre 8 e 10/05 no CDI3* Companhia das Lezírias, em Samora Correia.

Os resultados do CDI3* de Cascais podem ser conferidos no link:

Projeto olímpico

João Victor Marcari Oliva e o garanhão F-Aron de Massa fazem parte de um “Projeto Olímpico” instituído no segundo semestre de 2019, depois que o cavaleiro paulista de 23 anos, radicado na Alemanha desde 2014, conquistou sua segunda medalha de bronze pan-americana por equipe nos Jogos de Lima.

O conjunto foi formado em setembro a partir do convite dos donos do cavalo, Leonardo dos Anjos, da Coudelaria do Luar, com sedes na França e Bélgica, e Rodrigo Guedes da Cunha, radicado em Williston, na Flórida, Estados Unidos: “O F-Aron de Massa não poderia estar em melhores mãos. Acreditamos muito no João Victor Oliva e que os dois chegarão juntos ao mais alto nível do esporte”, comenta o carioca Rodrigo Cunha.

Criação de Sylvain Massa, da Elevage Massa – referência na criação do cavalo Lusitano de Dressage na França – F-Aron de Massa (Qing X Xixirita e neto paterno de Riopele), garanhão nascido em abril de 2010, foi montado e preparado até o nível de Grand Prix pela francesa Laetitia Isselin.

Fonte: Rute Araújo

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.