Por Fora
das Pistas

Notícias

Foto: Felipe Ulbrich/ABCCC/Divulgação

18 de abril de 2016

Londrina evidencia a raça crioula e seleciona animais para a Morfologia

Realizar sua segunda morfologia passaporte em um local importante não foi decisão tomada ao acaso, foi uma ação estratégica do Núcleo Norte Paranaense de Criadores de Cavalos Crioulos. Colocar o julgamento dos Grandes Campeonatos neste sábado, 16 de abril, exatamente na pista principal da Expolondrina, realizada em dividindo a arena com a raça Nelore, promoveu mais do que a seleção da raça. Destacou-se como uma oportunidade de colocá-la na vitrine de uma das maiores feiras agropecuárias da América Latina.

Conforme esperado, o Crioulo chamou a atenção nos dois dias no qual o passaporte para o momento mais aguardado do ciclo foi disputado pelos 60 animais que entraram, primeiro na pista Roberto Mello Requião, na sexta-feira, 15 de abril. Ali, na beira da cerca, democraticamente olhos treinados ocupavam o mesmo espaço de expressões curiosas, muitas vezes maravilhadas. Semblante característico de quem via pela primeira vez o cavalo multifuncional, ou, estava diante de uma nova oportunidade de conhecer melhor sua rusticidade. E foi entre uma mescla de estilos, mais precisamente, entre bombachas e fivelões, que mais oito candidatos aos títulos da Morfologia na Expointer 2016 garantiram sua vaga no Parque de Exposições Governador Ney Braga, em Londrina (PR).

No plantel de alto nível, a Melhor Exemplar da Raça, a fêmea Estampa do Purunã e o garanhão Estribillo da Fazfar puxaram a fila formada pelo jurado Cláudio Neto de Azevedo. Conforme o administrador da Cabanha São Rafael, Luís Mário Azambuja, a boa performance da potranca é fruto do empenho de toda a equipe do criatório e de suas escolhas acertadas. “Atribuo primeiro essa conquista a uma genética maravilhosa da Cabanha São Rafael. Em segundo lugar ao critério de escolha dos acasalamentos e a um trabalho árduo e coletivo”, afirma.

Igualmente satisfeito com o resultado obtido pelo macho Estribillo da Fazfar, o administrador da Fazenda Faria, Vinícius Miranda, também comemorou a vitória e projetou como será voltar ao Parque Assis Brasil novamente como um dos finalistas. “Este é nosso terceiro passaporte. Com certeza esta foi a melhor participação do Estribillo, agora em sua melhor fase. Ele está no ápice”, fala.

Na avaliação do jurado Cláudio Neto de Azevedo, o plantel encontrado na seletiva londrinense foi de alta qualidade e os exemplares que levaram as escarapelas mais altas representam muito bem a raça em qualquer lugar do país. “É um orgulho para qualquer jurado poder encontrar tanta qualidade em uma importante área de expansão”, pontua.

De acordo com o presidente do Núcleo Norte Paranaense, Elizandro Pellin, fixar a presença do Crioulo na Expolondrina é uma das bandeiras da entidade, engajada em ganhar espaço em um ambiente, até então, dominado por outras raças. Conforme o dirigente, é exatamente essa visibilidade que precisa para ser alavancada no estado para se trazer cada vez mais novos adeptos ao cavalo multifuncional e este momento serve também para isso. “Aqui é uma vitrine para o mundo”, enfatiza.

A prova que é a segunda a apontar novos passaportes contou ainda com a supervisão técnica de Alexandre Suñe, profissional credenciado à Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos. Organizado pela ABCCC, o circuito da Morfologia conta com o patrocínio de Vetnil e o apoio de Supra.

Confira o resultado

FÊMEAS

Melhor Exemplar da Raça e Grande Campeã
Estampa do Purunã, filha de Lema da Reconquista e Pampeira do Purunã, criador e expositor Mariano Lemanski, Estância São Rafael, Balsa Nova/PR

Reservada Grande Campeã
AS Malke Ofensa, filha de BT Jurado e Ciranda de Santa Angélica, criador Agro Pecuária Schwanck Ltda, expositor Júlio César Pisseti, Cabanha do Topo da Serra, Balsa Nova/PR

3ª Melhor Fêmea
Jade do Ribeirão Bonito, filha de Macanudo do Itapororó e Honraria de Santa Edwiges, criador e expositor Arison Jung, Cabanha Ribeirão Bonito, Guarapuava/PR

4ª Melhor Fêmea
Canhada do Purunã, filha de Del Oeste Mutante e Madagascar do Purunã, criador e expositor Mariano Lemanski, Estância São Rafael, Balsa Nova/PR
 
MACHOS

Grande Campeão
Estribillo da Fazfar, filho de Uruguaio do Purunã e ARC Aparecida, criador e expositor Ricardo Pinto Faria e Outro, Fazenda Faria, Piedade/SP

Reservado Grande Campeão
Dartagnan do Purunã, filho de Del Oeste Mutante e Viúva do Purunã, criador Mariano Lemanski, expositores Rodrigo José Mayer e Nereu Joli Mayer, Cabanha Mayer, Balsa Nova/PR

3º Melhor Macho
Jarau da Maya, filho de Bem Feito Cala Bassa e Firmeza 1211 do Palanqueiro, criador Zuleika Borges Torrealba, expositores Caio Moraes Amaral, Fábio Rauen e Ricardo Pereira, Cabanha Maranata e Jerivá

4º Melhor Macho
Instinto da Marãna, filho de Índio do Boeiro e Capella da Marãna, criador Manuela Souza e Roberto Souza Filho, expositor Gustavo Matheus Sanzovo, CT Anderson Andrade, Chapecó/SC

Fonte: Andressa Barbosa/ABCCC

  • Compartilhe
  • <