Por Fora
das Pistas

Notícias

Foto: Leandro Vieira/Divulgação

4 de setembro de 2019

Liquidez e mercado internacional marcaram vendas da Trajano Silva na Expointer

Realizadora de quatro dos sete leilões da raça Crioula na Expointer 2019, a Trajano Silva Remates considerou o resultado positivo para o evento. Nos remates a cargo do escritório, a média fechou em R$ 31,07 mil por animal, com grandes vendas para o Centro e Norte do país e para países como Paraguai, Uruguai e Argentina.

Para o leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, a liquidez foi a tônica principal do envolvimento da leiloeira na feira. “Se vendeu toda a oferta de equinos, que foram 163, e depois 12 bovinos, que foram os vendidos na Reconquista. Considero que a Expointer muito positiva”, destacou.

Alguns destaques das vendas nos leilões foram a égua Nutria da Cabanha Santa fé, comercializada pelo valor de R$ 150 mil no remate Boa Vista e Santa Fé, além do embrião da égua BT Maragata, grande campeã da Expointer, que teve o faturamento de R$ 80 mil, no leilão da Reconquista. Além destes, o cavalo Bailongo de Santa Angélica teve comercializada todas as cotas de 10% ofertadas, em um total de R$ 75 mil no evento Santa Angélica e Maufer, e a égua Herança 303 da Vendramin, foi comercializada por R$ 200 mil no leilão da Estância Vendramin.

Fonte: Nestor Tipa Júnior/AgroEffective

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.