Por Fora
das Pistas

Notícias

João Victor e o Lusitano Xamã dos Pinhais; foto: Rui Godinho,

14 de outubro de 2015

João Victor Marcari Oliva de farda nas pistas

A partir da próxima competição que participar na Europa, João Victor Marcari Oliva, cavaleiro de Adestramento, se junta aos mais de 120 atletas que fazem parte da elite do esporte a defender o Exército Brasileiro.

O cavaleiro de 19 anos, medalha de bronze por equipe no Pan de Toronto e atual Campeão Sul-Americano foi incorporado à centenária Comissão de Desportos do Exército no início de outubro como Terceiro Sargento e, agora, troca a casaca pelo verde oliva das Forças Armadas. João Victor conquistou a única vaga aberta para atletas do sexo masculino em 2015. A convocação é por 12 meses, podendo haver prorrogação de até no máximo oito anos.

Para conquistar a vaga de “atleta militar voluntário”, o cavaleiro do Ilha Verde Team passou por um rigoroso processo de seleção que começou com a avaliação curricular com participações em competições internacionais, onde as medalhas já conquistadas na carreira foram transformadas em pontuação; depois, João Victor passou pelas fases de entrevista, inspeção de saúde, aptidão física e treinamento militar básico na Comissão de Desportos do Exército.

Os “atletas militares voluntários” fazem parte do Programa de Incorporação de Atletas de Alto Rendimento nas Forças Armadas iniciado em 2008 pelo governo brasileiro. Inicialmente, o Projeto visava à preparação de atletas para as Olimpíadas de Londres 2012 e Rio 2016, mas, o objetivo das Forças Armadas se ampliou como projeto de fortalecimento dos esportes de maneira geral. De forma prática, esses novos militares têm apenas a função específica de atuar em competições esportivas.

E o resultado já vem se sobressaindo. Nos Jogos Pan-americanos de Toronto, 48% das medalhas brasileiras foram conquistadas por “atletas militares”. Nas Olimpíadas de Londres 2012, de um total de 259 esportistas, 51 eram atletas militares, ou seja, 20%, segundo o Ministério da Defesa. Nos Jogos do Rio 2016, o objetivo das Forças Armadas é que em número de representantes e medalhas este número seja ainda maior, e é neste time que o cavaleiro João Victor Marcari Oliva quer estar.

Fonte: Coudelaria Ilha Verde

Na foto, em clique de Rui Godinho, João Victor e o Lusitano Xamã dos Pinhais.

  • Compartilhe
  • <