Por Fora
das Pistas

Acontece

Luiza, Thaísa, Manuel e Pedro Tavares de Almeida disputarão os Jogos Olímpicos 2016 da modalidade adestramento

3 de agosto de 2016

Irmãos representam a equipe brasileira de Hipismo nos Jogos Olímpicos 2016

Os irmãos Luiza, Thaísa, Manuel e Pedro Tavares de Almeida estão na equipe de hipismo que representa o Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016. A participação do quarteto, foi anunciada pela Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) e a convocação é para a modalidade adestramento.

Luiza Tavares de Almeida e Pedro Tavares de Almeida são titulares na equipe, enquanto Manuel Tavares de Almeida Neto é o reserva e fica à disposição do Time Brasil, assim como Thaísa Tavares de Almeida, convocada como 2ª reserva. A Equipe brasileira lutará para melhorar sua colocação em Olimpíadas anteriores, num esporte em que os grandes expoentes são Inglaterra, Alemanha, Holanda e Estados Unidos.

A convocação dos irmãos coroa a dedicação do Rocas do Vouga Dressage Team, como é chamada a equipe particular da qual participam. Em janeiro, todos fizeram as malas de volta à Alemanha, onde já treinaram anteriormente, para obtenção dos requeridos índices olímpicos.

A intensa rotina de treinamentos inclui, além do aprimoramento técnico, a disputa em provas internacionais (CDIs) entre os melhores praticantes da modalidade. Antes da convocação os irmãos realizaram, apenas em 2016, onze CDIs em países como Áustria, Alemanha, Espanha, França, Eslovênia e República Tcheca.

Experiência de Família e amor aos cavalos

O gosto pelo hipismo começou no berço para os 4 irmãos que, desde muito pequenos, conviveram com os animais criados pelo avô materno e pelos pais, Thereza – que se dedicava ao salto –  e Manuel, numa fazenda, em Itu. Hoje, 20 anos depois, os quatro representam o país e cavalgam juntos nos Jogos Olímpicos 2016.

Luiza, a mais experiente do grupo e representante do exército brasileiro, apesar de ter apenas 24 anos, está indo para sua terceira Olimpíada, tendo estreado na China aos 16 anos – competição que a colocou no Guiness Book como a mais jovem atleta do hipismo Olímpico de todos os tempos – e competido também em Londres, na condição de única representante da América Latina. A amazona monta o garanhão puro sangue lusitano Vendaval.

Pedro, aos 22 anos, disputa sua primeira Olimpíada, após diversos títulos que culminaram com o Campeonato Brasileiro Sênior Top em 2015. O cavaleiro monta um garanhão criado por seu pai, Xaparro do Vouga, também um puro sangue lusitano.

Manuel Neto, gêmeo de Pedro, já fez parte da equipe brasileira nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, em 2011, com o mesmo cavalo com o qual foi convocado, Viheste AR. Manuel foi vice-campeão brasileiro Sênior Top em 2015 e campeão paulista Sênior Top também em 2015.

Completando o time familiar, Thaísa, de 26 anos, retorna ao esporte após sete anos dedicando-se a outros trabalhos, e faz com que, pela primeira vez na história, o Brasil tenha quatro irmãos na equipe Olímpica. Ela monta o puro sangue lusitano Aóleo.

Com certeza, o Brasil inteiro torcerá junto com a família Tavares de Almeida pela vitória dos quatro irmãos.

Fonte: A4&Holofote

  • Compartilhe
  • <