Por Fora
das Pistas

Notícias

11 de dezembro de 2015

Inspetores da Adapec fazem treinamento sobre controle de doença equídea

Com o objetivo de atualizar conhecimentos visando o controle do Mormo, doença infectocontagiosa que afeta equídeos, os inspetores da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) participaram de um treinamento sobre maleinização, no mês de novembro, em Formoso do Araguaia. A capacitação foi direcionada, principalmente, aos integrantes do Grupo Especial de Atenção às Enfermidades Emergenciais ou Exóticas do Tocantins (Gease/TO).

Para o presidente da Adapec, Humberto Camelo, as novas instruções possibilitou maior agilidade no diagnóstico, identificação da enfermidade e a padronização de procedimentos. “A maleinização, que é um teste complementar para diagnóstico, é mais um reforço no controle da doença e vai colaborar com nossas ações para detecção do mormo”, destacou acrescentando que a doença precisa de atenção especial, por ser uma zoonose (pode ser transmitida aos ser humano).

A maleína (substância de origem proteica é utilizada como técnica complementar de diagnóstico) é preconizada pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), e empregada quando o animal tem resultado positivo para a doença, no teste de fixação de complemento. “A capacitação possibilitará mais preparo para atuarmos com rapidez, eficiência e eficácia. Além de discutirmos outras ações que envolvem o controle da doença”, disse a responsável Técnica pelo Programa Estadual de Sanidade dos Equídeos, Ana Lúcia Rodrigues.

O treinamento contou tanto com aulas teórica quanto prática, abordando a etiologia, transmissão, patogenia, diagnósticos, identificação de sinais clínicos, entre outros. Além disso, a aplicação da maleína no animal e demais métodos diagnóstico, colheita de material na necropsia, entre outros.

Mormo

O Mormo é uma doença infectocontagiosa grave causada pela bactéria Burkholderiamallei que acomete principalmente os equídeos (asininos, muares e equinos). Essa doença pode atacar o homem e levar à morte se não tratada a tempo. Nos equídeos, os principais sintomas são nódulos nas narinas, corrimento purulento, pneumonia, febre e emagrecimento. Qualquer suspeita da doença nos animais, os produtores devem procurar imediatamente a Adapec do seu município.

Estados com ocorrência de Mormo

De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), os estados onde há ocorrências de mormo são: Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceara, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e o Tocantins.

Fonte: Surgiu

  • Compartilhe
  • <