Por Fora
das Pistas

Notícias

Lorenzo de Luca lidera o galope vitória em sete dias (FEI / Richard Juilliart)

5 de junho de 2017

Incrivelmente os italianos vencem de novo em St. Gallen na Copa das Nações divisão 1

O renascimento da equipe italiana continuou nesse final de semana, quando o lado de Roberto Arioldi seguiu a sua histórica vitória em casa há uma semana com outro desempenho impressionante para ganhar a quarta etapa da FEI Nations Cup ™ Jumping 2017 Europa Divisão 1 Liga, em St Gallen, na Suíça.

Não muito tempo atrás a Itália estava lutando para montar uma equipe capaz de se manter competitiva no final afiada do esporte, mas como isso mudou. Sexta-feira passada eles ganharam sua própria Copa das Nações pela primeira vez em 32 anos, e em outro momento marcante nesta final de semana que conquistou o título da Copa das Nações da Suíça, pela primeira vez desde 1959, e com apenas um membro da equipe vencedora na semana passada.

No final da primeira rodada parecia que a França tinha tudo costurado com o seu placar de zero dando-lhes uma vantagem de oito faltas sobre a Suíça em segundo lugar, enquanto a Bélgica e a Itália estavam bem atrás em terceiro, com nove pontos cada. No entanto, a segunda rodada trouxe uma reviravolta sensacional, apesar de um brilhante double-clear de Roger Yves Bost (Sangria du Coty).

A Bélgica acrescentou oito pontos, e manteve a Itália no jogo, apesar de uma única falta do companheiro de equipe Emilio Bicocchi (Sassicaia Ares).

E quando a suíça Martin Fuchs (Clooney) comeu uma falta no vertical e Paul Estermann (Lord Pepsi) cometeu duas, então o resultado foi pendurado na balança.

Steve Guerdat confirmou a classificação da Suíça com seu segundo double-clear em uma linha com a fabulosa no dorso da égua Bianca, enquanto a Alemanha, ocupava o sétimo posto na primeira metade, melhorou para a terceira posição ao terminar com 13 pontos.

Placar da Copa das Nações:
1º Itália – 9pp
2º Suíça – 12pp
3º Alemanha – 13pp

Fatos e números:

– Três conjuntos conquistaram o duplo clear, e todos  os ancoras de suas equipe- da Suíça Steve Guerdat (Bianca), da Suécia Angelie von Essen (Newton Abbot) e Roger Yves Bost (Sangria du Coty ) da França.

– Armador do percurso Gerard Lachat.

Fonte: FEI

  • Compartilhe
  • <