Por Fora
das Pistas

Notícias

3 de novembro de 2016

Grupo de mulheres fazem cavalgadas pelas montanhas e serras da Mantiqueira

Na região de Mauá, Maringá e Maromba, um grupo de mulheres resolveu o problema da falta de opções de lazer, criando a Comitiva Batom & Butina (assim mesmo, com “u”). Trata-se de um grupo de mulheres que fazem cavalgadas pelas montanhas e serras da Mantiqueira, divertindo-se com longos percursos, mesmo que muitas ainda sejam aprendizes da arte da montaria a cavalo.

foto03

O grupo foi criado em meados de agosto passado e fez sua primeira cavalgada indo do Vale de Santa Clara até o Rancho São Francisco, na parte alta das montanhas de Mauá. O grupo começou com as amigas Taisa Roberta, que é de Santa Clara, e Alessandra Pena, de Itamonte, que resolveram chamar outras amigas como Marisa e Mariinha Paiva, Gabriela, todas de Santa Clara, mais Beth Diniz, de Maringá do Rio, para dar uma volta a cavalo. Todas adoraram a ideia e o passeio. E resolveram ampliar a Comitiva.

Na falta de opção de lazer e sempre deixadas de lado nas caminhadas e passeios de seus maridos e namorados, as mulheres saíram em busca de soluções próprias. O grupo reúne hoje dezenas de mulheres e a última caminhada, de Santa Clara a Campo Alegre, alguns quilômetros depois da Vila de Mauá, contou com a participação de mais de 30 mulheres. “É muita mulher a cavalo”, comentam, orgulhosas com a vestimenta – jaquetas e calças – feitas especialmente para o grupo, estampando a marca “Batom & Butina” no peito.

Algumas já têm experiência na montaria,foto03 sabem cuidar dos cavalos e ensinam àquelas que agora estão aprendendo a montar. “É, além de divertido e da alegria do passeio, uma forma de tirar a gente do ócio, na ausência de opções de lazer para nós, mulheres”, disse à Porteira Marina Paiva. As aprendizes ainda não têm seus próprios cavalos e os alugam, à base de R$ 100 reais a diária. “É bom pra gente perder o medo”, comentam. Mas e os homens, o que dizem? “Ah, eles não falam nada”, responde Beth Diniz. Segundo elas, nem os maridos, nem os namorados e nem os homens dos lugares em que cavalgam estranham ver tanta mulher junta, montada a cavalo. Mas será mesmo? Quem quiser, pode conferir. A próxima cavalgada será do Vale de Santa Clara ao Alcantilado, no caminho para Mirantão, ainda neste ano.

Fonte: porteiradomato

  • Compartilhe
  • <