Por Fora
das Pistas

Acontece

Giovana Pass e Zíngaro de Lyw: estreia em Gran Prix do Big Tour . Foto: Luis Ruas

19 de março de 2016

Giovana Pass faz seu 1º índice olímpico rumo aos jogos Rio 2016

Estreando em Grand Prix na tarde dessa sexta-feira, 18/3, no CDI3* da Sociedade Hípica Paulista, em São Paulo, a jovem talento de 17 anos fez bonito ao alcançar 66,110% de aproveitamento, além de registrar o índice com os dois juízes olímpicos 5*, a alemã Katrina Wuest (68,600%) e o holandês Ghislain Fourage (66,200%). A estudante de medicina veterinária também foi a campeã do Grand Prix.

“Eu queria ganhar é claro, mas não esperava. Temos muita a coisa a melhorar é claro. Mas estou muito feliz com meu resultado”, contou Giovana, que completa 18 anos daqui a duas semanas e treina com o renomado português Paulo Caetano. “Esse foi meu primeiro Grand Prix em um Internacional 3* com o Zíngaro. Ele tem 11 anos e foi formado pelo Paulo Caetano e a filha dele Maria”, conta a amazona.

Além de Giovanna Pass/Zíngaro de Lyw, o cavaleiro olímpico e medalhista pan-americano Leandro Aparecido da Silva montando Di Caprio também fez um índice olímpico com Katrina Wüst, e a medalhista pan-americana Sarah Wadell também garantiu índice com os dois juízes.

A título de qualificação técnica – conforme critério da Federação Equestre Internacional – além do mínimo de dois índices 64% junto a um juiz olímpico em diferentes eventos a média final também precisa ser igual ou superior a 64%.

LUSITANOS SOMAM OITO ÍNDICES

Já são cinco os conjuntos Lusitanos que juntos somam oito índices olímpicos rumo aos Jogos do Rio 2016: João Victor Marcari Oliva com os cavalos Xamã dos Pinhais e Signo dos Pinhais; Luiza Tavares de Almeida com Vendaval 4 e Viheste e Giovana Pass com Zíngaro de Lyw.

João Victor Marcari Oliva soma quatro índices, dois com cada montaria. Montando Xamã dos Pinhais registrou os índices esse ano: no CDI W´s Hertogenbosch (CDI5*)/Reem Acra FEI World Cup Dressage, na Holanda, em 11/3 (67.180%) e no CDI4*Lier, na Bélgica, em 5/3 (67.3805). Montando Signo dos Pinhais o atleta do Ilha Verde Team registrou os dois índices em 2015: no CDI4* Perl, Alemanha, em 11/09 (67,260%) e no CDI4*Lier em 6/11/2015 (66,320%).

Amazona do Rocas do Vouga Team, Luiza Tavares de Almeida soma dois índices com Vendaval 4: no CDI4* Den Gouberg, em Roosendall, Holanda, em 4/12/2015 (64,900) e no CDI3* Lier, na Bélgica, em 5/3/2016 (66.080%). Montando Viheste registrou índice no CDI4* Den Gouberg, em Roosendall, Holanda, em 5/12/2015 (65,180%).
Dos três atletas que representam o cavalo Lusitano e já têm índice olímpico a mais experiente é a paulista Luiza Almeida, 24 anos, que já participou das Olimpíadas de Pequim 2008 e Londres 2012.

Fonte: ABPSL

  • Compartilhe
  • <