Por Fora
das Pistas

Notícias

Conjunto vencedor do Clássico Air Canadá

18 de novembro de 2019

Filha de Baloubet du Rouet é a vencedora do Clássico Air Canadá do Festival Nacional BH

Encerrando as atividades de sábado, 16 de novembro, do Festival Nacional do BH, trinta e dois produtos da criação nacional e, ou com registro genealógico emitido pelo studbook do BH, estiveram na disputa do Clássico Air Canadá, a 1.45m.

A prova de maior dotação do evento aconteceu na pista de areia do Clube Hípico de Santo Amaro com percursos elaborados por Ivan Tagle, da Argentina, e levou onze conjuntos zerados para a decisão.

Sem penalidades e com o tempo de 36s94, Thiago Rhavy de Sá e Silva levou a égua BH Salamandra Baloubina, uma filha de Baloubet Du Rouet em Chapman Rouge, à vitória, deixando a jovem e talentosa amazona junior Carolina Sousa Chade em segundo lugar, montando o tordilho Flying-High Das Umburanas (Cardento / Carpe Diem), com pista limpa em 38s70.

Com uma falta, no mesmo tempo de 38s97, dois conjuntos empataram no terceiro posto Ariane Ermel com Desiree Van Het (Marienshofcon Air / Chin Chin) e Rodrigo Chaves Nunes com Thelma Jmen (Corrado I / Landade).

O quinto lugar ficou com Guilherme Foroni, no dorso de Cornet Silver Jmen (Ia)Cornet Obolensky / Calisco Jm, com quatro pontos em 39s09, enquanto Juan Pablo Mussini completou a cerimônia de premiação com Funk GJ (For Edition / Cento), com uma falta em 39s21.

 

Premiação do Clássico Air Canadá

 

CLÁSSICO AIR CANADÁ
1º Salamandra Baloubina (Baloubet Du Rouet / Chapman Rouge) – Thiago Rhavy De Sa E Silva
2º Flying-High Das Umburanas (Cardento / Carpe Diem Z) – Carolina Sousa Chade
3º Desiree Van Het Marienshof (Con Air / Chin Chin) – Ariane Regina Ermel
4º Thelma Jmen (Corrado I / Landadel) – Rodrigo Chaves Nunes
5º Cornet Silver Jmen (Cornet Obolensky / Calisco Jmen) – Guilherme Dutra Foroni
6º Funk Gj (For Edition / Cento) – Juan Pablo Mussini

Fonte: ABCCH; fotos: Emerson Emerin

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.