Por Fora
das Pistas

Notícias

30 de setembro de 2016

Fazu recebe 4ª Copa de Marcha de Cavalo Mangalarga Marchador

A Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba) sediará a 4ª Copa de Marcha “Marchadores de Uberaba” da raça Mangalarga Marchador, no dia 1º de outubro, na pista de esportes equestres, localizada na Fazenda Escola da Fazu. A Copa é um evento oficial da ABCCMM (Associação Brasileira dos Criadores de Cavalo Mangalarga Marchador) e é realizada pelo Núcleo de Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador, “Marchadores do Triângulo”, sendo o seu presidente o Sidney Pimenta Alvim.

Acadêmicos da Zootecnia e a professora Fabiana Garcia vão auxiliar no evento, trabalhando na recepção e conferência de documentos dos animais e estagiando ao lado do árbitro oficial da ABCCMM, durante os julgamentos. O árbitro escalado pela ABCCMM é o prestigiado Fabiano de Abreu Bitencourt. A entrada na Copa de Marcha é gratuita.

A Copa de Marcha tem o objetivo de promover o intercâmbio entre os criadores, avaliar e orientar os criatórios da nossa região, no quesito “marcha”. A participação pode ser tanto de animais de marcha picada, onde se evidencia um maior tempo de deslocamento (elevação, avanço e apoio) dos bípedes laterais quanto à marcha batida, onde existe um maior tempo de deslocamento (elevação, avanço e apoio) dos bípedes diagonais. As provas acontecerão durante o sábado (1º/10), a partir das 08h, com encerramento previsto para às 18h.

Na Copa, o criador leva o seu animal para a pista e lá é avaliado o padrão e evolução da raça. “São esperados para o evento de 80 a 100 animais, sendo que entre os participantes estão confirmados criatórios de Minas, São Paulo e Goiás”, afirma Sidney.

 Sobre o Mangalarga Marchador – O Mangalarga Marchador é uma raça de cavalos nascida no Brasil e que se orgulha de ser o melhor cavalo de sela do Brasil. A raça reúne atualmente 13.000 associados ativos e reúne o maior plantel de equinos registrados do Brasil e no mundo, gerando mais de 180.000 empregos diretos e indiretos. O Marchador foi o tema do desfile da vice-campeã do Carnaval carioca de 2013, a Beija-Flor de Nilópolis, na ocasião cantou a história da raça para o mundo todo.

“A raça vive um momento de grande expansão e reconhecimento no Brasil e no exterior. Nos países da Europa, possuir um cavalo da raça Mangalarga Marchador passou a ser um objeto de desejo e também uma meta para os amantes do cavalo”, finaliza Sidney.

Fonte: Jornal de Uberaba

  • Compartilhe
  • <