Por Fora
das Pistas

Notícias

Exposição e palestras marcam participação da raça na feira paranaense

28 de março de 2017

Expolondrina é palco de evento do cavalo Crioulo

Considerado um dos principais pólos de desenvolvimento do cavalo Crioulo no Brasil, o Paraná apresentou no ano de 2016 um crescimento de 5,74% no número de animais da raça. Hoje, em território paranaense, são 22,87 mil exemplares, conforme dados da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), fazendo com que o Estado seja o segundo maior no número de animais no país, ficando atrás apenas do Rio Grande do Sul.

O resultado deste trabalho é o destaque em provas e eventos nacionais da raça Crioula, com importantes títulos conquistados nas mais diversas modalidades promovidas pela associação. De acordo com o diretor de Comunicação e Marketing do Núcleo Norte Paranaense de Criadores de Cavalos Crioulos, Caio Amaral, a região de Londrina, por exemplo, tem experimentado um crescimento nos últimos anos, especialmente a partir da criação do Núcleo. “Embora o Paraná seja um território consolidado do cavalo Crioulo, o Norte e Noroeste ainda são dominados por uma cultura diferente. Mas o cavalo Crioulo vem sendo bem visto e temos conseguido expandir muito com novos criadores e novos usuários”, destaca.

Esse potencial será demonstrado entre 31 de março e 2 de abril no parque Governador Ney Braga, em Londrina (PR), durante a Expolondrina, em mais uma Exposição Passaporte, evento que credencia animais para a Morfologia, que será realizada na Expointer 2017, em Esteio (RS). Amaral salienta a visibilidade que a participação na feira vem trazendo ao cavalo Crioulo, inclusive para impulsionar a expansão para o centro do país. “É uma feira agropecuária das maiores da América Latina e se caracteriza por ser uma feira de negócios tanto na parte de animais quanto para lavouras. Pela região que se localiza, vêm muitos agropecuaristas do Sudeste e Centro Oeste. Por isso acreditamos que este é um bom palco para a raça”, observa.

Um dos projetos do Núcleo, de acordo com o dirigente, é aumentar a participação do cavalo Crioulo em outras modalidades equestres, especialmente no laço. Tanto que uma das atividades da programação do cavalo Crioulo na Expolondrina ocorre no sábado, 1º de abril, às 18h, que discutirá o assunto. “Esta região tem uma vocação muito forte de usuários de cavalos. É normal nos finais de semana as pessoas pegarem seus trailers e animais e participar de competições”, explica Amaral.

Além do julgamento e da palestra, a programação da raça Crioula na Expolondrina contará com leilão na noite de sexta-feira e um show do cantor e compositor Mauro Moraes na noite de sábado. O julgamento da Exposição fica a cargo de João Arísio.

 

Fonte: Nestor Tipa Júnior / AgroEffective – Foto: Felipe Ulbrich / Divulgação

  • Compartilhe
  • <