Por Fora
das Pistas

Notícias

Wilton Porter, Beezie Madden, Robert Ridland, Adrienne Sternlicht, e McLain Ward, com Michael Stone e o ringmaster Steve Rector. Photo © Sportfot

3 de março de 2019

EUA vence a Copa das Nações no CSIO4 * Winter Equestrian Festival

Nos 18 anos de história da Copa das Nações no Winter Equestrian Festival (WEF), houve apenas um desempate para determinar a medalha de ouro.

No sábado, 2 de março de 2019, outro desempate aconteceu e consagrou os Estados Unidos da América em sua sétima vitória na história da prova.

A equipe, composta por Wilton Porter, Beezie Madden, Adrienne Sternlicht, McLain Ward, com o Chefe de Equipe Robert Ridland, conquistou a medalha de ouro na Copa das Nações do CSIO4 *, um dos destaques da semana 8 do WEF. Prova que teve dotação de $ 150.000

A oitava semana de competição no WEF termina nesse domingo, 3 de março, com o prêmio de $ 209.000 CSIO4 *, apresentado por Lugano Diamonds às 13h.

A Copa das Nações de sábado consistiu em duas rodadas ao longo de um percurso definido por Steve Stephens (EUA).

Equipes de quatro pessoas representavam as nações da Argentina (a exceção, que tinha três cavaleiros), Brasil, Canadá, Colômbia, Israel, Irlanda, México, Estados Unidos e Venezuela. Após a primeira rodada, cada equipe descartou sua maior pontuação.

Na segunda rodada, as seis primeiras equipes retornaram na ordem do maior para o menor total de faltas. O vencedor foi determinado pelo menor total de três conjuntos de cada equipe em cada rodada.

As seis equipes que voltaram para a segunda rodada foram México, Colômbia, Israel, Irlanda, Canadá e EUA.

A equipe dos EUA liderou na primeira rodada com um total de quatro pontos, mas eles estavam empatados com o Canadá e a Irlanda. Ward e Contagious foram os desbravadores, colocando um zero no primeiro round.

No desempate, Daniel Coyle e Farona de Ariel Grange mostraram fadiga e terminaram com 12 pontos em 41,80 segundos. Ward e Contagious conseguiram cruzar em 43,69 segundos para garantir a vitória.

“Quando Robert disse que havia um desempate, eu realmente aproveitei a oportunidade porque senti que ele estava pulando melhor a cada rodada”, disse Ward. “[O desempate] não foi um trabalho tão difícil. Mas achei que foi bom o cavalo dar o melhor de si na terceira rodada. Estou animado para todos os seus proprietários e ele tem um ótimo futuro. ”

A Irlanda terminou em segundo com uma equipe de quatro cavaleiros competindo em cavalos que nunca haviam participado de uma competição da Copa das Nações. Coyle, juntamente com Lorcan Gallagher e Hunters Conlypso II, do Grupo Dacantos, zeraram. Shane Sweetnam e o Kirschwasser SCF da Spy Coast Farm LLC tiveram quatro e oito pontos, e Paul O´Shea pilotando Imerald Van’t Voorhof, do Tequestrian Farms LLC, contribuiu com quatro pontos em ambas as rodadas.

O Brasil com seus representantes: Rodrigo Lambre (1), Luiz Francisco de Azevedo (8), Francisco Musa (4) e Eduardo Menezes (12 descarte), com 13 pontos perdidos no percurso inicial, ficaram em sétimo, fora do segundo percurso.

Veja aqui o placar final.

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.