Por Fora
das Pistas

Notícias

Estação de Deodoro foi entregue para Olimpíada (Foto: Henrique Freire/ Divulgação)

23 de julho de 2016

Estação Deodoro, na Zona Norte do Rio, é entregue para a Olimpíada

Foi inaugurada nesta quarta-feira (20) mais uma estação de trem para a Olimpíada. Considerada um terminal estratégico na mobilidade urbana da cidade, a estação de Deodoro, na Zona Norte do Rio, será a principal porta de chegada para quem vai acompanhar as competições no Parque Radical.

O espaço recebeu bilheterias novas, as catracas foram trocadas e a cobertura recebeu isolamento térmico. A estação conta com escadas rolantes e elevadores para pessoas com deficiência.  Durante os Jogos, cerca de dez mil pessoas devem passar pelo terminal todos os dias. O acesso fica perto do Complexo Esportivo de Deodoro e é uma das seis “estações olímpicas, por onde o público vai passar durante o evento.

“Deodoro é mais uma estação que teve a capacidade de transporte de passageiros ampliada após a reforma e essas melhorias vão ficar de legado para os usuários dos trens. A próxima a ser entregue será São Cristóvão, estação olímpica de maior capacidade e uma referência para o sistema, como é a Central do Brasil, concluindo, assim, o pacote de estações estratégicas para os Jogos Olímpicos”, disse o secretário estadual de transportes, Rodrigo Vieira.

Além da estação Deodoro, também são consideradas importantes para os Jogos as estações: Ricardo de Albuquerque, Magalhães Bastos, Vila Militar, São Cristóvão e Engenho de Dentro.

Engenho de Dentro foi entregue
A estação de trem Engenho de Dentro, na Zona Norte do Rio, passou por reformas e foi entregue à população no dia 13 de julho. A reforma fez com que a estação fique mais próxima do Estádio Nilton Santos e possui placas em português, inglês e espanhol para receber os visitantes.

Os banheiros também sofreram intervenções e adaptações para portadores de deficiência foram instaladas. O valor total do investimento da concessionária foi de R$ 250 milhões nas cinco estações estratégicas.

“A estação Engenho de Dentro é significativa para o evento, pois receberá a maior parte do público dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos para assistir às competições de atletismo e partidas de futebol, além de integrar três grandes ramais. Além disso, as obras duplicaram a capacidade da estação, que agora pode receber até 26 mil passageiros por dia”, disse o presidente da SuperVia, José Carlos Prober.

Fonte: G1

  • Compartilhe
  • <