Por Fora
das Pistas

Notícias

6 de março de 2015

Esqueleto de cavalo ocupa o quarto pedestal da Praça Trafalgar

Uma escultura do esqueleto de um cavalo sem cavaleiro, que representa a relação entre o poder, o dinheiro e a história, foi instalada nesta quinta-feira no quarto pedestal da Praça Trafalgar, no centro de Londres.

A obra, intitulada “Gift Horse” (Cavalo de Presente), foi construída por Hans Haacke, um artista alemão que se dedica principalmente a temas como poder e dinheiro.

O prefeito de Londres, o conservador Boris Johnson, inaugurou a estátua, colocada no pedestal da praça reservado para obras modernas de caráter temporário.

“Bem-vindos a esta grande realização artística. É uma maravilhosa escultura”, disse Johnson.

“Gift Horse” é o esqueleto de um cavalo sem cavaleiro que faz referência uma estátua equestre do rei William IV (1765-1837), que seria colocada em 1841 no pedestal.

Em uma das patas do cavalo se destaca uma fita eletrônica em forma de laço que mostra ao vivo o boletim de notícias da Bolsa de Valores de Londres, referência à ligação entre poder, dinheiro e história.

Além disso, a escultura de Haacke se inspira na gravura “A anatomia do cavalo”, que o famoso pintor inglês George Stubbs fez em 1766 e cujas obras estão na National Gallery de Londres.

Segundo Johnson, a figura “apresenta outra razão a mais para que os londrinos e os turistas visitem este lugar de interesse cultural”.

“‘Gift House’ é uma nota surpreendentemente original sobre a relação entre a arte e o comércio e espero que estimule o debate tanto como outras obras que foram expostas no quarto pedestal“, disse o prefeito de Londres.

O presidente do Grupo do Quarto Plinto (elemento que fica diretamente sob a base de um pilar, pedestal, estátua ou monumento), o jornalista e escritor ganês-inglês Ekow Eshun, disse à Agência Efe que a obra é “uma fantástica e elegante peça que coloca importantes perguntas sobre o papel do dinheiro, o poder e a história em Londres“.

“Marca o compromisso contínuo do Programa Quarto Plinto de levar obras dos principais artistas britânicos e internacionais ao coração da cidade para criar um diálogo com o público“, explicou Eshun.

O objetivo do Programa Quarto Plinto é envolver as pessoas em um debate sobre a arte contemporâneo nos espaços públicos, com ações que incluem exposições e conferências.

Um cavalo infantil de bronze e um galo gigante de cor anil foram as esculturas que decoraram o quarto pedestal da Praça Trafalgar em 2012 e 2013, respectivamente.

  • Compartilhe
  • <