Por Fora
das Pistas

Notícias

Erik Bergman, especialista em imagem ortopédica; Foto: Arnd Bronkhorst/FEI

19 de agosto de 2016

Equipe de 130 profissionais cuida da saúde dos cavalos em Deodoro

Cirurgiões, anestesistas, especialistas em imagem e profissionais médicos disponíveis para realizar endoscopias, radiografias e ultrassonografias, cirurgias de emergência e tratamentos especializados. Engana-se quem pensa que essa estrutura é destinada a humanos. Os profissionais de primeira linha estão a postos no Complexo Esportivo de Deodoro, prontos para atender qualquer situação que ocorrer com os cavalos do hipismo.

Com 130 profissionais, a clínica veterinária de 1.000 metros quadrados oferece cuidados de rotina e também tem estrutura para casos de emergência, Os animais também têm à disposição ambulâncias especialmente equipadas e fisioterapeutas e o espaço será completamente operacional para os cavalos paralímpicos que virão a Deodoro no próximo mês.

Refresco
Os cavalos reagem de forma diferente ao calor, portanto precisam ter um controle rígido de temperatura. Todos os dias, mais de 46.000 litros de água e 400 kg de gelo são utilizados para refrescar os animais após o treino e competição.

“A saúde e bem-estar de nossos cavalos é a prioridade máxima durante os Jogos”, disse o presidente da Comissão Veterinária das Olimpíadas e Paralimpíadas, Thomas Wolff. “Muitos de nossos cavalos têm seus próprios veterinários no local, e é ótimo ver como eles ficaram impressionados com nossos equipamentos”, completa.

Fonte: Terra

 

  • Compartilhe
  • <