Por Fora
das Pistas

Notícias

O aplicativo Resenha Virtual de equídeos foi apresentado na noite da última terça-feira (28) num evento que reuniu centenas de autoridades, lideranças do setor e criadores;.Fotos: Edemir Rodrigues

2 de dezembro de 2017

Equídeos: MS é pioneiro na identificação individual, resenha virtual e e-GTA pela web

Campo Grande (MS) – Modernizar os sistemas buscando maior agilidade e segurança é um dos compromissos assumidos quando da adesão de Mato Grosso do Sul ao programa nacional Agro Mais e também da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) quando assinou com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) um contrato de Gestão.

A Resenha Virtual de equídeos, lançada na noite dessa terça-feira (28.11) num evento no Tatersal da Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrissul), em Campo Grande, é uma das ferramentas desenvolvidas visando atender essas metas no que se refere ao trânsito de equídeos dentro do Estado.

Através de uma simulação realizada pela coordenadora do Programa Nacional de Sanidade dos Equídeos (PNSE) da Iagro, a médica veterinária, Kelly Noda Gonçalves, apresentou ao público – formado por autoridades, lideranças do setor, criadores e ainda competidores de hipismo do Estado – o novo sistema que possibilitará a identificação individual dos equídeos de Mato Grosso do Sul, a produção da resenha virtual e a emissão de guias de trânsito pela internet.

Conforme o diretor-presidente, Luciano Chiochetta, a parceria com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o empenho da equipe da Iagro e da Superintendência de Gestão da Informação (SGI) possibilitaram a produção do sistema em tempo recorde. “A resenha virtual vem para atender uma antiga demanda do setor e uma necessidade que temos dentro da Agência de otimizar os processos e dar, cada vez mais, excelência ao trabalho que prestamos aos nossos clientes”, completou.

Chiochetta destacou ainda algumas inovações que virão com a utilização do aplicativo, como a realização de resenhas padronizadas e informatizadas, a notificação imediata, a melhor identificação dos focos e a rastreabilidade dos exames que auxiliará a evitar fraudes e falsificações.

O diretor-presidente elencou também os benefícios que a Resenha Virtual dos equídeos oferece ao sistema de defesa de MS, ressaltando que com os dados a Agência poderá realizar as notificações de suspeitas de doenças, imediatamente, à interdição imediata do trânsito daquele animal. “Com a implantação deste tipo de sistema é possível ter um completo banco de dados, o histórico do trânsito, dos exames e do vínculo epidemiológico dos animais e oferecer as equipe de vigilância maior facilidade no trabalho com trânsito e aglomerações dos mesmos”.

O presidente da Federação do Laço Comprido do Estado, Elvio Garcez, elogiou a iniciativa, classificando a informatização da resenha como uma grande conquista para todo o Estado. Ele ainda destacou, em seu pronunciamento, a parceria que tem mantido com o Governo e as ações já realizadas ressaltando que todas acontecem com base em discussões constantes, mantidas com lideranças do setor.

O superintendente Federal da Agricultura (SFA/MS), Celso Martins, falou sobre o desafio de trabalhar com defesa sanitária, considerando crescimento do número de propriedades, do rebanho e de produtores o que exige que os governos estejam, constantemente, se adequando e se reinventando para manter a qualidade dos serviços de sanidade, ao mesmo tempo em que destacou o pioneirismo do Governo do Estado que sai na frente e coloca à disposição dos criadores de Mato Grosso do Sul uma ferramenta tão moderna. “MS é pioneiro sempre” afirmou, lembrando a batalha que o Estado travou há cinco anos para aprovação do sistema de emissão de guias de trânsito eletrônicas e que trouxe inúmeros avanços.

O presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV), João Vieira de Almeida Neto, que representa mais de seis mil profissionais de Mato Grosso do Sul, falou da obrigação deles serem cada vez mais eficientes e destacou que, frente à responsabilidade pela fiscalização dos serviços prestados por eles, o Conselho enxerga o aplicativo como uma ferramenta extremamente importante. “Quando nós cuidamos da saúde dos animais nós cuidamos da saúde humana”, frisou.

Ao representar o governador Reinaldo Azambuja – que cumpria agenda em São Paulo -, o secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, fez questão de enaltecer a importância dos parceiros e da equipe na elaboração do sistema e, em especial, a equipe da Iagro que antecipou o cronograma de entregas do contrato de gestão com o lançamento da Resenha Virtual.

“O Governo do Estado tem dado foco na desburocratização e, desde o início dessa gestão, trabalhamos na busca por aperfeiçoar os sistemas de forma que o profissional possa utilizar o seu tempo em processos verdadeiramente produtivos e que tragam resultados mais seguros e rápidos, sem precarizar o serviço prestado, ao contrário, visando sempre a sua excelência” destacou.

Ao se dirigir ao superintendente, Celso Martins, Verruck falou do contentamento em saber que o projeto da Resenha Virtual, que é pioneiro no País, poderá futuramente servir de modelo para outros estados. Ao final do evento de apresentação, os participantes puderam realizar e acompanhar a simulação de resenhas em três animais disponibilizados pela Iagro com acompanhamento de profissionais.

Também prestigiaram o evento o superintendente de Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, Produção e Agricultura Familiar, Rogério Beretta; diretores da Iagro, Roberto Bueno e Veronique Cortada; e o diretor-presidente da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), André Nogueira; além de técnicos da Iagro e da SGI, responsáveis pela elaboração do projeto.

Resenha Virtual de Equíneos

Com o aplicativo em funcionamento fica a equipe de coordenação do PNSE, da Iagro, responsável pelo cadastramento dos veterinários para exames de AIE (Anemia Infecciosa de Equídeos), pela Resenha Virtual, o cadastramento dos laboratórios e o treinamento dos profissionais. A produção e manutenção do sistema e do aplicativo são de responsabilidade da DTI e SGI.

Os veterinários serão treinados e cadastrados e caberá a eles a identificação individual dos equídeos, o certificado, a coleta de material para diagnóstico de AIE e mormo, a produção das resenhas padronizadas, completas e informatizadas e o acompanhamento das requisições encaminhadas via sistema para o laboratório.

Os laboratórios ficarão responsáveis pelo lançamento dos resultados dos exames, sua confiabilidade e os reagentes (e-mail automático às coordenações, UVL e produtor). Já ao produtor caberá à emissão via web da e-GTA, exames autênticos e validados e a realização de trânsito intraestadual somente com e-GTA e certificado. Veja mais fotos.

Kelly Ventorim – cAgência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro)

 

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.