Por Fora
das Pistas

Notícias

19 de setembro de 2019

Entenda o famoso Garrotilho Equino

A Adenite Equina é uma doença causada por bactérias e que ocasiona inflamações no aparelho respiratório, sendo uma das enfermidades responsáveis por grandes prejuízos contabilizados anualmente com tratamentos, medidas de controle e queda de desempenho, principalmente em cavalos atletas.

Os sinais mais comuns desta doença, popularmente conhecida como Garrotilho são:

– secreções purulentas nasais;

– emagrecimento constante;

– cansaço excessivo por conta da dificuldade de respiração;

-tosses que proporcionam muitas vezes aos animais um quadro de rinite complexo;

– formação de abscessos na faringe em casos mais graves.

A transmissão ocorre com mais facilidade em ambientes aglomerados, onde animais estão próximos aos outros, via oral ou nasal, ou mesmo através do contato com objetos que tenham sido tocados por animais doentes. Por isso é de grande importância a desinfecção das baias periodicamente e dos objetos utilizados.

O diagnóstico efetivo é realizado através da palpação dos locais onde se formaram linfonodos e abscessos, como no pescoço, além da percepção dos sinais descritos acima. Importante ainda realizar exames laboratoriais para confirmação exata da doença.

Medicamentos como antibióticos, anti-inflamatórios, penicilina, são os métodos mais indicados para o tratamento, sendo que a drenagem dos abscessos é também aconselhável nesses casos.

Desta maneira as ações de manejo sanitário são consideradas umas das principais formas de prevenção, sobretudo, o controle da disseminação da bactéria.

Essa e outras enfermidades são recorrentes em grandes partes do mundo, afetando muitas criações.

Por isso é mais que essencial um amplo conhecimento sobre o assunto por parte dos criadores e proprietários, sendo que as medidas aplicadas no primeiro atendimento fazem toda diferença.

Fonte: InfoEscola

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.