Por Fora
das Pistas

Notícias

21 de março de 2018

Égua vira caso de polícia em Campo Grande

Uma égua, vítima de maus tratos, foi apreendida na manhã do último domingo (18), no Bairro Amambaí, em Campo Grande, após policiais militares, alertados por populares, abordarem dois homens que discutiam sobre a propriedade do animal. Um deles vai responder por abuso e maus-tratos a animal doméstico e o outro, por lesão corporal dolosa.

Um dos envolvidos disse aos policiais que o outro estava com a égua furtada no Distrito de Anhanduí e tentava vender o animal por R$ 300. Ainda conforme a versão do primeiro ouvido pelos PMs, o equino pertenceria ao rebanho de um antigo patrão e por esse motivo ele tentou deter o outro e evitar a sua fuga, até a chegada da guarnição.

Ainda conforme informações do boletim de ocorrência, o vendedor da égua alegou aos policiais militares que era dono do animal e o utilizava para puxar carroça.

Diante da situação, os envolvidos foram levados para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac), enquanto a égua foi levada para o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), em estado debilitado e também com um ferimento na barriga. Fotografias do animal foram entregues a equipe plantonista e enviadas à Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Atendimento ao Turista (Decat).

O autor não comprovou ser o proprietário da égua e por esse motivo o animal ficou aos cuidados do CCZ.

Fonte: Correio do Estado

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.