Por Fora
das Pistas

Acontece

23 de outubro de 2018

Definida a equipe brasileira de Adestramento no Sul-Americano, de olho no Pan 2019

A Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) divulgou nesta terça-feira, 23/10, os quatro conjuntos (cavalo/cavaleiro) que representarão o país no Campeonato Sul-Americano Senior 2018 – Concurso de Dressage Internacional (CDI) de Buenos Aires, em 22 e 24/11, válido como qualificativa para os Jogos Pan-americanos 2019 em Lima, no Peru, que por sua vez são qualificativos para Toquio 2020.

Garantem vaga os países que ficarem entre os três primeiros colocados. O conjunto do Brasil melhor classificado em Buenos Aires terá direito a uma das cinco vagas na equipe brasileira de Lima (caso o país classifique), desde o cumpra as demais exigências da Federação Equestre Internacional (FEI).

A equipe verde amarela no CDI de Buenos Aires é formada por João Paulo dos Santos montando Carthago Comando SN, Mauro Pereira Júnior com Don Enrico AMM, Yara do Amaral Fernandes com Dileto HI e Victor Trielli Ávila montando Al Pacino Comando SN.

No CDI de Buenos Aires as provas válidas por equipe serão as reprises São Jorge, em 22/11, e a Intermediaria I, 23/11, e o freestyle Intermediaria I, 24/11, define o pódio individual

Os cavalos ficarão em quarentena na Sociedade Hípica Paulista, em São Paulo, até o embarque para Buenos Aires previsto para 14/11.

Sobre a equipe
A qualificação dos brasileiros foi definida com o registro de índices obtidos em Concurso de Adestramento Internacionais realizados no Brasil ao longo da temporada 2018. João Paulo dos Santos e Mauro Pereira Junior representam o Brasil em eventos internacionais pela segunda vez. Estréiam na equipe Yara do Amaral Fernandes e Victor Trielli Ávila.

João Paulo dos Santos integrou o time medalha de ouro nos Jogos Sul-americanos (Odesur) de 2014, no Chile, quando montando Veleiro do Top na disputa individual foi prata no Freestyle e bronze na Intermediária I. Já Mauro Jr foi o destaque do Brasil no Pan de Guadalajara 2011, no México, quando montando Tulum Comando SN foi o melhor brasileiro na final individual classificando-se em 9º lugar.

Os estreantes na equipe também colecionam importantes conquistas no Brasil: Victor Ávila foi campeão brasileiro e paulista Junior 2012, vice campeão brasileiro Young Riders 2013 e campeão brasileiro Young Riders 2014, todos montando Vencedor GB, seu principal cavalo à época. A estudante de veterinária Yara do Amaral Fernandes soma várias conquistas montando Dileto HI, com quem está há quatro anos. Em 2017, passou a competir como profissional, estreou em concursos internacionais e fechou a temporada como líder do ranking paulista na série Forte I.

Fonte: CBH

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.