Por Fora
das Pistas

Notícias

Juiz e inspetor oficial das raças de cavalo Quarto de Milha e Paint Horse, Mário Márcio Souza da Costa Moura

12 de fevereiro de 2017

Criado na Fazu Centro de Referência da Equinocultura Racional

A Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba) conta, a partir de 2017, com o Centro de Referência da Equinocultura Racional (CRER), sendo responsável pelo projeto o engenheiro agrônomo, juiz e inspetor oficial das raças de cavalo Quarto de Milha e Paint Horse, Mário Márcio Souza da Costa Moura.

O objetivo do CRER é orientar os criadores, de todas as raças de equinos, asininos e muares, em qualquer que sejam suas necessidades relacionas à equinocultura em geral.

Os alunos da Fazu poderão ter acesso direto, aos principais criadores de cavalo, de várias raças da região com ofertas de estágios, além de poderem participar de palestras sobre criação de cavalos, modalidades de provas funcionais, dentre outros assuntos relacionados.

Mário Márcio é inspetor oficial de registro na Associação Brasileira dos Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM), há 30 anos, e na Associação Brasileira do Cavalo Paint (ABC Paint), há 12 anos. Mário Márcio realizará um curso para se tornar inspetor de registro para cavalos das raças, Bretão e Percheron. Com mais de 200 potros Quarto de Milha registrados por ano, Mário Márcio possui contato com pessoas ligadas à diversas raças de equinos.

Com mais de três décadas dedicadas às atividades relacionadas à eqüinocultura, e durante 8 anos, como coordenador do Colégio de Jurados da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), Mário Márcio percebeu que os criadores de cavalos demonstravam uma carência grande de informações. “A criação de cavalos, em geral, é uma atividade muito sensível, pois envolve paixão e muito dinheiro.

Com isso, muitas pessoas que gostariam de adquirir cavalos não conseguem ter uma visão racional do que realmente precisam. O CRER vem para orientar o pequeno, médio e grande criador na montagem da estrutura para a criação de cavalos, na compra e venda de seus animais de qualquer raça”, afirma o inspetor de registro.

Mário Márcio é engenheiro agrônomo graduado na Unesp/Jaboticabal (1983). Participou como juiz em mais de 600 eventos, durante sua carreira, sendo eles, nos principais rodeios do Brasil e provas de cavalos Quarto de Milha e Paint Horse. No Rodeio de Barretos foram 13 anos seguidos participando e no Rodeio de Jaguariúna são 10 anos julgando as provas funcionais, que sempre acontecem junto às montarias de rodeio. O inspetor oficial das Raças Quarto de Milha e Paint Horse afirma que já registrou mais de 3 mil animais.

Fonte: jornal de uberaba

  • Compartilhe
  • <