Por Fora
das Pistas

Notícias

Fotos: Felipe Ulbrich/ABCCC/Divulgação

8 de julho de 2015

Consistência define a semifinal ao Freio de Ouro de Santo Ângelo

Em uma competição em que cada detalhe pode interferir no resultado, manter o equilíbrio no desempenho pode ser ainda mais decisivo. E foi desta maneira que neste domingo, dia 5, foram preenchidas mais oito vagas na decisão do Freio de Ouro através da classificatória em Santo Ângelo (RS). No frio da das Missões, a semifinal foi responsável por consagrar as vitórias da fêmea Basca Rancagua, da Cabanha Basca, de Uruguaiana (RS) e do macho Piraí 1630 do Senhor, da Parceria A Lo Largo, de Rio Pardo (RS).

Nem mesmo um deslize na etapa Bayard-Sarmento foi capaz de tirar o brilho do desempenho da campeã. Pelo contrário, demonstrou o quanto a consistência pesa na disputa. Líder desde o início das etapas funcionais, a égua lobuna foi a segunda aposta certeira da Cabanha Basca, que já havia classificado uma fêmea em Caxias do Sul (RS). “Estamos super felizes porque lideramos do início ao fim. Enfrentamos alguns momentos difíceis, mas mesmo assim ela vinha com folga e deu tudo certo. Ela encarou bem a pista pesada, mostrou força para segurar a disputa”, avalia a expositora Mariana Franco Tellechea. Para o criatório de Uruguaiana (RS), o aproveitamento é de cem por cento na modalidade. “As duas éguas que conseguiram a vaga são irmãs e as únicas que nós estávamos treinando para o Freio”, acrescenta Mariana.

Do outro lado, a situação foi semelhante. Para os expositores do garanhão primeiro colocado – que também se manteve na ponta desde que começaram as provas funcionais – o prêmio veio para coroar o trabalho e o investimento no treino do animal. Parceiro na propriedade, o ginete Deivy de Lima Flores também conduziu o vencedor em pista. “Esse cavalo correu no ano passado, mas nesse teve um amadurecimento, tanto dele quanto nosso, e conseguimos tirar o melhor dele”, analisa o treinador do animal. A confiança depositada até aqui permanece. “Gostei bastante do desempenho do cavalo. Dentro de uma prova muito forte, ele correspondeu bem. Por isso, estamos com boas expectativas para o participação dele na final”, fala Péricles Druck que também compartilha a propriedade do colorado.

Realizada nas dependências do Parque Internacional de Exposições Siegfried Ritter – mesmo local que sedia a tradicional feira do município, a Fenamilho – a classificatória ao Freio de Ouro de Santo Ângelo teve o acompanhamento técnico de Thiago Andreolla Persici. Na avaliação dos conjuntos, esteve o trio de jurados formado por André Luiz Narciso Rosa, Eduardo Móglia Suñe e Rodrigo Diaz de Vivar.

O circuito do Freio de Ouro conta com o patrocínio de Ipiranga, Massey Ferguson, Vivo e Banrisul, além do apoio da Supra.

Confira o resultado

Fêmeas

1º lugar
Basca Rancagua, filha de BT Lucero e Basca Dulcinéia; criadores e expositores Mariana Franco Tellechea e Filhos, Cabanha Basca, Uruguaiana/RS
Ginete: Fábio Teixeira da Silveira. Nota: 19,060

2º lugar
La Pátria Tropeira, filha de Pampa de São Pedro e Havana do Retiro Do Ouro; criador Rodrigo Castellarin Fialho e expositores Eduardo Macedo Linhares e Rodrigo Castellarin Fialho, Gap São Pedro e Cabanha La Pátria, Uruguaiana/RS
Ginete: Gabriel Marty. Nota: 18,928

3º lugar
Carlota de São Pedro, filha de Macanudo do Itapororó e Generina de São Pedro; criador e expositor Eduardo Macedo Linhares, Cabanha Gap São Pedro, Uruguaiana/RS
Ginete: Emerson Pereira. Nota: 18,917

4º lugar
Rodilha do Itapororó, filha de Macanudo do Itapororó e Daretama do Itapororó; criadores Nestor M. Jardim Neto e Maria L. F. Jardim e expositor Condominio Rural Itapororó/Santa Marta, Cabanha Itapororó Santa Marta, Alegrete/RS
Ginete: Lindor Collares Luiz. Nota: 18,537

Machos

1º lugar
Piraí 1630 do Senhor, filho de Senhor de Santa Thereza e Firmeza 1232 do Hornero; criador Paulo Tavares Móglia e expositor Parceria A Lo Largo, Parceria A Lo Largo, Rio Pardo/RS
Ginete: Deivy de Lima Flores. Nota: 20,152

2º lugar
Imperador de São Cristovão, filho de Senhor de Santa Thereza e Chinoca de São Cristovão; criador Tiago Peretto e expositor Rafael Teixeira Severo, Estância e Cabanha Recanto, Dom Pedrito/RS
Ginete: Marcos Silveira. Nota: 20,008

3º lugar
Garimpo Gravatá, filho de Agua De Los Campos y Maquena Criterioso e Quimera Gravatá; criador Francisco Kessler Fleck e expositores Francisco Kessler Fleck e Condomínio Estância da Plasma, Cabanha Gravatá e Estância da Plasma, Gravataí/RS e Taquara/RS
Ginete: César Augusto Schell Freire. Nota: 19,945

4º lugar
JA Impecável, filho de Equador de Santa Edwiges e JA Andorinha; criador José Antonio Anzanello e expositor Condomínio Impecável, Condomínio Impecável
Ginete: Gabriel Marty. Nota: 19,682

Fonte: AgroEffective

  • Compartilhe
  • <