Por Fora
das Pistas

Notícias

11 de setembro de 2016

Como funciona o Hipismo paralímpico

Hipismo é uma modalidade mista nas paralimpíadas, em que homens e mulheres disputam em 10 provas individuais de adestramento e uma por equipe.

As provas possuem quatro classes diferentes, que colocam pessoas com níveis parecidos de deficiência para competir entre si. A classe I é composta majoritariamente por cadeirantes, atletas sem/com pouco equilíbrio no tronco, e pessoas com deficiência nos quatro membros. A II tem cadeirantes, pessoas com deficiência motora no tronco, mas com boas funções nos membros superiores.

Também há atletas com deficiências sérias no braço e leves nas pernas, ou com uma deficiência de alto grau em um dos lados do corpo. A III é composta por atletas que conseguem se locomover sem auxílio, possuem uma deficiência moderada nos quatro membros, ou de um lado do corpo, tem um comprometimento grave no braço, ou deficiência visual total/severa. Já a classe IV é formada por atletas com deficiência visual mais amena, ou deficiência em um/dois membros.

Os atletas com deficiência visual podem recorrer aos “chamadores”, pessoas que avisam os competidores sobre o percurso. Outros atletas também podem utilizar celas adaptadas, que ajudem a se manter em cima do cavalo, e controla-lo melhor, de acordo com a deficiência do jocker.

Fonte: Super Interessante

  • Compartilhe
  • <