Por Fora
das Pistas

Notícias

19 de julho de 2016

Como chegar ao Centro Olímpico de Hipismo para a Olimpíada 2016

BRT: A Linha especial Recreio x Vila Militar deixa o espectador na Estação de Magalhães Bastos, a 1.500 metros da entrada do Parque Olímpico de Deodoro. Quem estiver em outros pontos da Zona Oeste, pode pegar qualquer linha de BRT que vá até o Riocentro e, de lá, fazer o transbordo para a linha especial. Apesar da estação ficar próxima ao centro, é preciso caminhar cerca de 12 minutos.

Metrô: Pegar a Linha 4 até a estação Jardim Oceânico, dali, pegar o BRT até o Riocentro e fazer o transbordo para a Linha Recreio – Vila Militar.

Barcas: Descer no terminal Praça XV, pegar algumas opções de linhas de ônibus até a Central do Brasil (201, 238, 077, 358 e 344) e depois uma composição dos ramais de Deodoro, Santa Cruz ou Paracambi.

O Centro Olímpico de Hipismo, no Complexo de Deodoro, na Zona Oeste do Rio, vai sediar as competições de hipismo adestramento, hipismo saltos e hipismo CCE, entre os dias 6 e 19 de agosto e as melhores alternativas para o público são: trem e BRT, já que há poucos ônibus que fazem o transporte direto para a Vila Militar.

Para facilitar a vida da população, as estações de trem e BRT de Magalhães Bastos, nas quais o público terá acesso ao Centro de Hipismo, são acessíveis. A partir dessas estações há um serviço de transporte auxiliar, que oferece mais conforto para cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida.

Quem utilizar o BRT Transolímpico durante a olimpíada terá o corredor exclusivo para levar o público aos jogos. De acordo com a prefeitura do Rio, os dois extremos da Transolímpica estarão com restrição de acesso, tanto na altura da Salvador Allende, pela proximidade com o Parque Olímpico da Barra, e na região da Vila Militar e Magalhães Bastos.

EVENTO NO CENTRO OLÍMPICO DE HISPISMO
Hipismo: 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 14, 15, 16, 17 e 19.

Endereço: Rua Salustiano Silva, 928, Magalhães Bastos

Fonte: Do G1 Ri

  • Compartilhe
  • <