Por Fora
das Pistas

Notícias

Imagem da série 'Vikings' (Foto: Divulgação)

10 de fevereiro de 2019

Cavalos machos eram os preferidos dos vikings, diz estudo

Os vikings que se estabeleceram na Islândia há mais de mil anos valorizavam tanto seus cavalos que os homens foram enterrados com seus equinos de confiança. Recentemente, uma nova pesquisa analisou o DNA de ossos de 19 desses animais e mostrou que os cavalos nos túmulos também eram machos.

Publicado no periódico Journal of Archaeological Science, o estudo aponta que arqueólogos já encontraram 355 sepulturas vikings na Islândia, sendo que elas são datadas do final do século 9 até o início do século 11 d.C.. Os ocupantes são, em maioria, homens de meia-idade.

Em 148 túmulos descobertos, já foram identificados 175 ossos de cavalos que aparentavam ter sido abatidos para o enterro. Para especialistas, isso sugere que os equinos machos eram importantes na cultura viking.

Segundo Albina Hulda Pálsdóttir, aluna de doutorado do Centro de Síntese Evolutiva e Ecológica da Universidade de Oslo, na Noruega, a diferenciação dos ossos de cavalos machos e fêmeas ocorre por meio da análise da pélvis e dentes do animal. Contudo, essa avaliação só funciona se os restos mortais estiverem bem preservados

Nesta pesquisa, os cientistas usaram DNA antigo de pequenas quantidades de material genético para revelar o sexo dos cavalos. Eles examinaram 22 ossos de 17 locais, e dos 19 equinos encontrados em sepulturas, 18 eram machos.

“A proporção entre os sexos e a distribuição etária dos cavalos mortos sugere que havia uma estrutura bem formada por trás dos rituais, nos quais o cavalo escolhido atuava como representante simbólico”, explicou Pálsdóttir. “A escolha consciente dos homens talvez estivesse ligada às características dos garanhões. A virilidade e a agressão poderiam ter sido um forte fator simbólico.”

Os estudiosos ainda encontraram três ossos de águas do lado de fora das sepulturas que não receberam nenhum “tratamento especial” durante o enterro. Os arqueólogos pretendem comparar as amostras com ossos de cavalos encontrados no resto da Europa datados da Era Viking. A intenção é encontrar as origens geográficas dos animais, bem como suas características físicas.

Fonte: Galileu

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.